Nuno Espírito Santo não gostou da atitude da equipa após o 1-0 frente ao Feirense. O treinador dos dragões disse, na flash interview, que a sua equipa devia ter continuado com a mesma intensidade após o primeiro golo para chegar ao 2-0. Nuno não atira a ´toalha ao chão` e garante que vai lugar pelo apuramento à ´final four` até ao final.

Análise ao jogo: "Um jogo não muito conseguido da nossa parte. Uma boa primeira parte em que conseguimos algumas oportunidades e, após o golo, menos bem... No cômputo geral, um jogo não muito conseguido. Deixa as contas em aberto, dependemos de nós e o que vamos fazer é levantarmo-nos rapidamente, refletir sobre este jogo e preparar já o próximo".

Intensidade: "A equipa foi preparada com vista a este jogo e temos confiança em todos os jogadores. Sabemos que podemos contar com todos e assim continuaremos. Deveríamos ter continuado com a mesma intensidade revelada antes do golo. O que sucedeu? São momentos. Podíamos ter continuado com a pressão intensa revelada até ao golo".

Obrigação de vencer Moreirense: "Todos os jogos são decisivos para o FC Porto. Todos os jogos nós temos obrigação de render a 100 por cento e ganhar os jogos. E assim vai ser o próximo".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.