Rúben Amorim fez esta tarde o lançamento do encontro diante do Farense, relativo à primeira jornada do Grupo B da Taça da Liga. Os leões voltam à competição depois de duas semanas de pausa; o treinador da equipa de Alvalade diz que esta pausa foi benéfica para a equipa.

"(Duas semanas) Foram muito boas, também porque aproveitámos para os jogadores relaxarem e estarem com as famílias. Depois, voltámos ao trabalho e tivemos tempo para trabalhar os princípios, que não tivemos este ano. O Sotiris voltou da seleção e trabalhou connosco, o Dário e o Mateus Fernandes também. Vinham a jogar muitos jogos, mas com pouco treino. Relembrámos tudo. Pena que o St. Juste esteja em dúvida. Acabou de levar uma pancada no joelho e a forma como saiu... Vai ser avaliado, mas treinou e melhorou os índices todos. Treinar ajuda sempre as equipas a melhorar", afirmou Amorim.

O Sporting defronta o Farense na primeira ronda da fase de grupos da Taça da Liga, uma equipa que Rúben Amorim conhece, e à qual deixa elogios. Contudo, a vontade do treinador dos leões é alcançar a vitória.

"É uma equipa de II Liga que é candidata a subir. Tem jogadores muito experientes e um treinador que conheço bem, que trabalha muito bem, especialmente, a linha defensiva. Têm referências ofensivas e nós, não tendo uma defesa muito alta, temos de estar preparados para esse tipo de jogo. Conhecemos bem a equipa do Farense. É uma competição onde queremos ganhar. Queremos vitórias consecutivas", sublinhou o técnico verde-e-branco.

Relativamente ao Mundial, Rúben Amorim mostra-se um tanto dividido relativamente a quem quer que volte para casa mais cedo. Entre Gana e Uruguai, o técnico tem três jogadores do plantel no Campeonato do Mundo, e sabe-se que apenas uma destas seleções poderá qualificar-se para os oitavos de final.

"O Uruguai jogou com três centrais, Coates até jogou na esquerda, que é mais exigente para o que é normal. Portugal ganhou justamente e o Uruguai está mais perto de casa. Portugal está qualificado. Temos, agora, o Fatawu, o Ugarte e o Coates. Alguém vai ter de voltar para casa. Era para ser os dois, mas, para isso, Portugal tinha de perder. Estou meio dividido. O que interessa é que Portugal venceu, é bom que fique em primeiro lugar. É isso que desejamos. Que o Uruguai não vença e que eles venham para casa", confessou Amorim.

O Sporting recebe o Farense na próxima quarta-feira, às 20:45h, no Estádio de Alvalade, naquela que é a ronda inaugural do Grupo B da Taça da Liga.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.