O FC Porto e o Leixões empataram hoje 0-0, em encontro da segunda jornada do grupo D da Taça da Liga em futebol, disputado no estádio do Dragão, no Porto.

No final do jogo, Sérgio Conceição lamentou a falta de eficácia da sua equipa diante da formação da II Liga, e admitiu que não gostou de alguns aspectos demonstrados pelo FC Porto. No entanto, o técnico portista não quis entrar em detalhes sobre o que não tinha gostado no jogo e enviou um recado interno para o grupo.

"Temos um plantel que nos dá garantia, formamos um grupo competitivo, mas é preciso demonstrar isso, dou muita atenção a muitos pormenores, seja no treino, seja no jogo, mas não gostei de alguns aspectos neste jogo", disse Sérgio Conceição em declarações à Sport TV.

"[O que faltou ao FC Porto para vencer?] Foi não fazer golos, tivemos ocasiões para fazer golos e para quebrar a defesa do Leixões mas não concretizámos, não gostei da equipa na primeira parte, faltou agressividade, tivemos controlo de bola e do jogo, mas faltaram ocasiões de golo. A segunda parte melhorámos, criámos cinco ocasiões de golo, mas futebol é eficácia e hoje não tivemos", frisou Sérgio Conceição.

Embora em jogo referente à segunda jornada, esta foi a estreia dos 'dragões' na prova, enquanto o Leixões efetuou a sua segunda partida, depois de ter vencido na primeira jornada o Paços de Ferreira por 1-0.

Após este encontro, o Leixões lidera o grupo com quatro pontos, sendo seguido por Rio Ave, FC Porto e Paços de Ferreira, todos com um, mas os pacenses contam já dois jogos, tal como a equipa de Matosinhos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.