O Sporting fechou 2016 com uma vitória magra sobre o Varzim por 1-0, em jogo da segunda jornada do Grupo A da Taça da Liga. O único golo do encontro foi apontado por Gelson Martins no primeiro tempo. A vitória coloca o Sporting em boa posição para seguir para a ´final four` da Taça da Liga. Os ´leões` passam a ter seis pontos, contra três do Varzim, Vitória de Setúbal e Arouca. No derradeiro encontro a equipa de Jorge Jesus só precisa de um empate para assegurar o primeiro lugar do Grupo A.

Para este jogo com os poveiros, o técnico do Sporting fez várias alterações. Na baliza continuou Beto, depois da grande exibição frente ao Belenenses. Esgaio foi titular na direita da defesa, com Bruno César a ser a escolha no lado contrário. Na frente, Bas Dost teve a companhia do holandês Bas Dost.

O Varzim entrou melhor, tentando discutir o jogo com os ´leões`. O Sporting só apareceu a partir dos primeiros 15 minutos, sempre pelo corredor direito, quase sempre por Gelson. Antes, Luc Castaignos tinha estado perto do golo aos dois minutos mas atirou por cima. Aos 19 minutos, Gelson entrou na área pela direita, rematou ao primeiro poste. O guarda-redes Paulo Vítor quis adivinhar as intenções do extremo leonino e mas acabou mal batido no lance.

Depois do golo o Sporting melhorou e passou a mandar no jogo. Os ´leões` viram Delmiro ´roubar` o 2-0, num corte de cabeça após remate de Castaignos, aos 34 minutos.

Ao intervalo registava-se o 1-0. No segundo tempo, João Eusébio mexeu na sua equipa, tentando chegar ao empate. Jean Felipe deu o seu lugar a Nelson Agra ano intervalo e Diego Barcellos entrou para o posto de Tiago Alves. Mas à medida que o tempo passava, o Varzim ia tendo mais dificuldades para se chegar perto da área de Beto.

O Sporting, esse continuava na procura do 2-0 mas faltava sempre qualquer coisa. Alguns passes falhados, más decisões no último terço ou então a boa organização defensiva dos poveiros, onde pontificava Delmiro, iam adiando o segundo golo do Sporting. Jesus tentou mexer com o jogo, fazendo entrar Bryan Ruiz para o lugar do apagado Luc Castaignos (mais uma má exibição do holandês). Depois viu Adrien sair lesionado, após entrada feita de Lima Pereira. Entrou Elias para o seu lugar.

No Varzim era o cabo-verdiano Delmiro quem ia adiando o segundo golo do Sporting. Aos 73 fez um corte providencial a remate de Bas Dost, após boa combinação do holandês com Bryan Ruiz. E quando não era Delmiro era o guarda-redes Paulo Vítor, como se viu aos 86 minutos, num boa defesa após remate de Gelson. Antes desse lance, o Sporting pediu penálti por suposta falta de Diego Barcellos sobre Joel Campbell mas Bruno Paixão mandou seguir.

Nos minutos finais, a turma de Jorge Jesus foi fazendo contenção, com trocas de bola, quase sempre no meio-campo contrário. Os poveiros já não tinham ´pernas` para mais, apesar de nunca terem desistido. Aos 92 minutos estiveram perto do empate mas o avançado Rui Costa rematou contra o corpo de Esgaio, dentro da área do Sporting, numa jogada em que o Varzim tinha três jogadores na área.

A vitória coloca o Sporting em boa posição para seguir para a ´final four` da Taça da Liga. Os ´leões` passam a ter seis pontos, contra três do Varzim, Vitória de Setúbal e Arouca. No derradeiro encontro a equipa de Jorge Jesus só precisa de um empate para assegurar o primeiro lugar do Grupo A.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.