O presidente da Liga de Clubes, Luís Duque, apresentou esta quarta-feira o novo 'sponsor' da Taça da Liga e mostrou-se confiante em relação à importância que a Taça CTT possa vir a ter no futebol português-

"A Taça CTT acabou por ser remodelada na sua designação e no seu formato competitivo. Estamos a falar de uma competição onde todas as equipas nacionais participam e recebem prémios monetários, pelo que assim é vista como uma Taça solidária", afirmou Luís Duque durante a conferência de imprensa de apresentação da nova prova.

"A Taça CTT é uma competitiva é jovem e no próximo dia 2 de agosto começam os primeiros jogos da nona edição, mas mesmo sendo jovem tem garra e vontade de crescer", acrescentou Luís Duque, que confirmou também a sua recandidatura à liderança da Liga de Clubes.

A Taça da Liga, oficialmente Taça CTT nas próximas três épocas, terá transmissão televisiva na TVI e Sport TV, numa apresentação de patrocínio na qual Luís Duque optou por não revelar os detalhes do negócio, dizendo apenas ser o valor que tem sido.

“É um valor de referência que tem sido praticado na Taça da Liga e vem em boa altura porque nos faz muita falta”, indicou.

A competição, criada em 2007/08 e que vai para a sua nona edição, poderá brevemente vir a ter a sua final disputada num dos países da lusofonia, algo que tem vindo a ser pensado, mas que é pouco provável já na próxima época.

“Mais dia, menos dia, irá disputar-se numa das capitais da lusofonia”, disse Duque, numa cerimónia em que contou com alguns presidentes de clubes, como foram os casos da Oliveirense, Mafra ou Benfica, representado por Luís Filipe Vieira.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.