O Benfica vai receber esta sexta-feira o Paços de Ferreira, num dos três embates entre 'primodivionários' da 4.ª eliminatória da Taça de Portugal 2021/22. O encontro, marcado para as 20h45 desta sexta-feira no Estádio da Luz, surge depois da pausa para os compromissos das seleções e quatro dias antes de as 'águias' voltarem a entrar em campo para a Liga dos Campeões num decisivo embate com o Barcelona.

Vindo de um triunfo moralizador sobre o SC Braga antes da paragem competitiva, o Benfica encontra um Paços de Ferreira que já defrontou por cinco vezes no passado em eliminatórias da Taça de Portugal, tendo seguido sempre em frente. No histórico de 53 jogos oficiais para todas as provas entre os dois emblemas, só por uma vez o Paços de Ferreira venceu no terreno dos 'encarnados', há mais de 20 anos (3-2).

Histórico de encontros: superioridade (quase) total do Benfica nas receções ao Paços

Foi a 17 de março de 2001 que o Paços de Ferreira alcançou a sua única vitória na Luz até à data. Então orientados por José Mota, os castores venceram por 3-2, com um golo de Leonardo e dois de Rafael (que mais tarde viria a jogar no FC Porto). Para o Benfica, na altura treinado por Toni, marcaram Carlitos e Roger.

Deste então, nas 22 visitas que realizou ao estádio do Benfica, o Paços somou 21 derrotas e um empate, tendo saído derrotado das últimas nove. Na época passada, para a I Liga, o Benfica venceu por 2-1, com golos de Rafa e Luca Waldschmidt.

Esse empate na Luz  teve lugar na anterior ocasião em que as duas equipas se defrontaram no Estádio da Luz para a Taça de Portugal. Foi na segunda mão das meias-finais da edição de 2012/13, já depois de as 'águias' terem vencido por 2-0 na Capital do Móvel, na primeira mão.

Benfica e Paços de Ferreira também se encontraram para a Taça de Portugal na Luz em 2007/08, então nos oitavos-de-final, com a formação lisboeta a vencer por 4-1 (Rui Costa marcou um dos golos), num jogo em que até esteve a perder por 1-0. Na década de 1980 mediram forças por duas vezes para a Taça em casa dos Pacenses e o Benfica também se apurou em ambos.

Contabilizando todos os 52 embates entre os dois emblemas, o Benfica somou 43 vitórias contra apenas quatro do Paços, tendo-se registado cinco empates. A última vez que o Paços de Ferreira não perdeu com o Benfica foi em março de 2017, quando as duas equipas empataram sem golos em casa dos pacenses.

Momento de forma: Benfica só ganhou dois dos últimos seis jogos, Paços só venceu um dos últimos dez

As duas equipas estão longe de atravessarem a sua melhor sequência de resultados da temporada. O Benfica, antes da goleada de 6-1 sobre o Braga que antecedeu a paragem para as seleções, vinha de três jogos seguidos sem ganhar no conjunto de todas as competições e, nos últimos seis jogos, para além desse êxito sobre os arsenalistas só ganhou ao Vizela, com um golo mesmo ao cair do pano.

O Paços de Ferreira, porém, atravessa uma série bem mais negativa. Vem de quatro jogos seguidos sem ganhar (três empates e uma derrota, todos para a I Liga) e, nas últimas 10 partidas que disputou só ganhou uma, precisamente para a Taça de Portugal, quando venceu por 3-0 no terreno do Águias do Moradal, equipa que milita nos campeonatos distritais.

Quanto ao Benfica, lembre-se, para chegar a esta 4.ª ronda da Taça precisou do prolongamento para deixar pelo caminho o Trofense, da II Liga.

As equipas: várias ausências no Benfica

No Benfica, são vários os jogadores a contas com lesões. O central brasileiro Lucas Veríssimo lesionou-se com gravidade frente ao Braga e não deve jogar mais esta temporada, tal como Rodrigo Pinho. Jorge Jesus confirmou também a ausência de Diogo Gonçalves. João Mário, Rafa e Darwin Nuñez falharam, todos eles, os compromissos das respetivas seleções devido a problemas físicos e resta saber se o técnico dos 'encarnados' arriscará a utilização algum dos três no 'onze' inicial frente ao Paços, com o importante embate com o Barça a aproximar-se. Já o jovem Paulo Bernardo testou positivo à COVID-19 ao serviço da seleção de Sub-21.

Do lado do Paços de Ferreira, Jordi, João Vigário e Diaby são lesionados de longa data e continuam entregues ao departamento médico, mas Marco Baixinho está totalmente recuperado, já participou num encontro amigável disputado pelos 'castores' frente ao Rio Ave a meio da última semana e deverá ser titular no centro da defesa na Luz.

O que dizem os treinadores

Jorge Jesus, treinador do Benfica: "É um jogo de Taça, e vocês sabem que nesses jogos tudo pode acontecer. Há equipas que no campeonato português podem atingir um troféu, é um sonho de quem está envolvido neste tipo de competições. O Paços tem o direito de pensar que vai conseguir criar dificuldades ao Benfica, e o Benfica também. Preparámo-nos para fazermos um jogo bom como fizemos frente ao SC Braga. O Paços é uma equipa bem organizada, tem jogadores internacionais como o Eustáquio. Tenho conhecimento profundo sobre o Paços e o Jorge Simão também tem conhecimento de nós".

Jorge Simão, treinador do Paços de Ferreira: "Acima de tudo, temos de ter um extremo rigor no nosso jogo, se calhar com maior incidência na parte defensiva. Penso que o rigor nos nossos comportamentos e uma percentagem de alguma sorte, que às vezes pode ser decisiva, serão a chave do jogo".

O árbitro

Manuel Oliveira, árbitro da AF Porto, foi nomeado pelo Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol para apitar este Benfica-Paços de Ferreira. O juiz do encontro vai ter Tiago Leandro e Nélson Cunha como assistentes e Dinis Gorjão no papel de quarto árbitro. Nesta fase da competição os jogos ainda não contam com o apoio do videoárbitro.

Este será o primeiro jogo de qualquer um dos conjuntos que Manuel Oliveira arbitrará esta temporada. Ao todo, o árbitro portuense já dirigiu 16 jogos do Benfica ao logo da sua carreira, tendo as 'águias' somado 12 vitórias e nenhuma derrota. Do Paços de Ferreira apitou 15 partidas, com os pacenses a terem vencido apenas quatro.

Benfica e Paços de Ferreira vão entrar em campo no Estádio da Luz a partir das 2045 desta sexta-feira. Poderá seguir aqui todas as incidências do encontro.

*Artigo corrigido e atualizado. Paços de Ferreira e Benfica já se defrontaram em cinco ocasiões na Taça de Portugal e não quatro, como anteriormente referido. Aos nossos leitores, às nossas desculpas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.