Sérgio Conceição desvalorizou o momento em que ele e Rúben Amorim trocaram palavras mais acesas no final do clássico, explicando que "foi algo normal".

"Não há 'tête-à-tête' nenhum. O que se passou foi que, num lance com o Porro, o árbitro marcou uma falta que não era e na segunda assinalou simulação e deu-lhe amarelo. Eu aplaudi a decisão do árbitro, o Rúben pensou que estava a falar com o jogador do Sporting e ficou irritado com isso. No final veio ter comigo a divergir da minha opinião, mas não me faltou ao respeito, eu também não lhe faltei ao respeito. Acho que são situações normais e não tem nada a ver com o que se passou no Dragão", disse o treinador do FC Porto à SportTV.

Uribe mostrou-se cauteloso com a vitória, realçando que "nada está ganho".

"Há mais 90 minutos. Demos um passo muito importante, o resultado é importante animicamente para o grupo, que sabe que pode atingir os objetivos traçados e ir à final que todos queremos", disse o médio do FC Porto ao jornalista da Sport TV.

O FC Porto venceu o Sporting por 2-1 no jogo referente à primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.