O treinador da Associação Recreativa e Cultural de Oleiros (ARCO), Natan Costa, disse hoje que receber o Sporting na terceira ronda da Taça de Portugal em futebol "é um prémio para o clube e para Oleiros".

"Se pudessemos continuar em prova (Taça de Portugal), não havia muitas equipas com que, realisticamente, pudessemos ombrear. Calhar um ‘grande’, como o Sporting Clube de Portugal, é muito bom", disse o técnico, em declarações à agência Lusa.

O sorteio da terceira ronda da Taça de Portugal em futebol destinou a visita do Sporting ao campo do Oleiros, equipa do distrito de Castelo Branco, da Série C do Campeonato de Portugal, em que ocupa o 12.º lugar da tabela classificativa.

"Este é um prémio para o clube, para Oleiros e para a região do Pinhal. O meu primeiro desejo foi concretizado (a visita de um ‘grande’). O segundo desejo é poder proporcionar um dia memorável às pessoas do Pinhal Interior", disse.

Natan Costa sublinhou que não sabe se o jogo poderá ser realizado na vila de Oleiros, cujo campo tem piso sintético: "Penso que é possível aumentar a lotação do estádio. Espero que haja sensibilidade em relação à região e por tudo aquilo que aconteceu este verão ao nível dos fogos florestais".

O treinador da ARCO disse que o objetivo do seu clube para esta época passa pela manutenção no Campeonato de Portugal.

"Descem seis equipas, é muito cruel. A nossa realidade financeira não é fácil", sublinhou.

A ARCO acaba de fazer história, visto que nunca tinha passado da primeira ronda da Taça de Portugal, sendo que este ano já passou duas eliminatórias.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.