A direção do Oleiros disse hoje que está a desenvolver todos os esforços para cumprir os requisitos da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), para receber o Sporting na terceira ronda da Taça de Portugal em futebol.

"No sentido de realizarmos este bonito sonho dos cidadãos oleirenses, todos os esforços estão a ser desenvolvidos no sentido de cumprir na íntegra cada um dos requisitos da Federação Portuguesa de Futebol apresentados na sua primeira vistoria oficial ao Estádio Municipal de Oleiros, bem como tudo aquilo que está estipulado nos regulamentos da Taça de Portugal", explica em comunicado a direção do clube oleirense.

Em causa, estão o controlo de acessos ao estádio por meio eletrónico, o aumento da capacidade do recinto através de bancadas amovíveis devidamente certificadas, a iluminação adequada para transmissão televisiva do encontro, o reforço das forças de segurança, a sistema de segurança de videovigilância (CCTV) e o plano de segurança e evacuação aprovado pela Proteção Civil.

A direção da ARCO garante que neste momento, a mais de uma semana da data do jogo, todas as obras e alterações no Estádio Municipal de Oleiros estão a decorrer a um "excelente ritmo" e adianta que a situação "permite acreditar que tudo estará a postos e em conformidade para a última e definitiva vistoria da FPF, agendada para sexta-feira, dia 06 de outubro".

O clube adianta ainda que, com o apoio da Câmara de Oleiros, no distrito de Castelo Branco, e de todas as entidades competentes do concelho, estarão à altura de receber e organizar um evento desportivo tão importante e mediático como o jogo em causa nesta terceira eliminatória da Taça de Portugal.

Em declarações à agência Lusa, o treinador da ARCO, Natan Costa, confirmou que na sexta-feira vai haver uma nova reunião e que o jogo está provisoriamente para 12 de outubro, porque o Sporting vai visitar a Juventus.

"Há a boa vontade do Oleiros para o Sporting jogar quando entender. O Oleiros está a fazer um esforço tremendo para garantir que estejam reunidas todas as condições obrigatórias para que o jogo se faça em no campo de Oleiros", disse.

O treinador sublinhou ainda que toda esta situação também pode passar pela boa vontade das pessoas envolvidas.

"Caso a ‘bola' esteja do lado do Sporting, que haja a elevação necessária para perceber que o significado deste jogo ultrapassa largamente aquilo que é apenas um jogo de futebol. Seria um marco memorável para as pessoas do interior", frisou.

Natan Costa disse que não sabe exatamente quem é que terá a capacidade de decisão e relembrou que o próprio treinador do Sporting, Jorge Jesus, jogou em clubes do interior, como o Benfica e Castelo Branco ou o Juventude de Évora: "Espero que mantenha algum carinho pelo interior".

"Caso o jogo seja cá [Oleiros] será uma festa belíssima e o Sporting irá ficar surpreendido pela ótima receção de que será alvo. As pessoas desejam mesmo que seja uma festa realizada em Oleiros", concluiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.