Declarações de Ricardo Soares, treinador do Gil Vicente, à TVI, após a derrota com o FC Porto.

Análise ao jogo: "A vitória é justa para o FC Porto. Entrou muito forte, tivemos dificuldades nos primeiros 30 minutos, não acompanhámos a velocidade. Depois equilibrámos. Sabíamos que na segunda parte seria impossível o FC Porto manter esta intensidade e acreditávamos que podíamos equilibrar, foi o que aconteceu. Grande parte da segunda parte foi dominada por nós, podíamos ter empatado, mas não conseguimos."

Exibição do Gil Vicente: "Estou orgulhoso dos meus jogadores. Tiveram uma capacidade de superação incrível, com a intensidade que o jogo exigiu. Tivemos menos um dia, mas a equipa conseguiu ir a jogo em circunstâncias difíceis, num relvado fantástico, que permitiu praticar um bom futebol. Lamento pelos meus jogadores, que mereciam mais, mas temos de dar os parabéns ao FC Porto."

Um golo em cada parte do jogo permitiu ao FC Porto vencer 2-0 em casa do Gil Vicente esta sexta-feira e apurar-se para as meias-finais da Taça de Portugal em futebol, nas quais vai defrontar o Sporting de Braga. O mexicano Jesus Corona, logo aos 10 minutos, colocou os 'dragões' em vantagem, que apenas foi confirmada aos 88, por intermédio do iraniano Mehdi Taremi.

O FC Porto vai agora defrontar nas meias-finais, agendadas para 10 de fevereiro (primeira mão) e 03 de março (segunda), o Sporting de Braga, que recebeu e venceu o Santa Clara por 2-1. A outra meia-final vai opor o Benfica ao Estoril Praia, líder da II Liga e única equipa de escalão mais baixo em prova.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.