O FC Porto visita, esta terça-feira, a partir das 20h45, o terreno do Académico de Viseu, em partida da primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal. Sérgio Conceição, treinador dos 'azuis e brancos', fez a antevisão da partida e, apesar de pela frente ir ter um adversário do segundo escalão, num encontro que antecede um decisivo embate com o Benfica para a I Liga, garantiu total foco e respeito pelo adversário.

Foco total no próximo jogo

"Seria uma grande falta de respeito para com o Viseu, uma equipa histórica, e trata-se de uma meia final da Taça. Seria um desrespeito falar de outro jogo. É uma grande oportunidade para todos os jogadores mostrarem que merecem uma oportunidade", frisou Conceição.

Elogios ao trajeto do Académico de Viseu

"É um jogo importante, uma meia-final da Taça, primeira mão, contra uma equipa que tem feito um trajeto interessante no seu seu campeonato e muito interessante nesta Taça. Tem uma excelente defesa, sofre muito poucos golos, mas queremos fazer um bom jogo e ganhar. Aqui damos valor a todas as competições e esta é mais uma competição importante para nós", destacou o técnico dos 'dragões'.

Eliminatória a duas mãos não altera estratégia

Sérgio Conceição garantiu que a passagem à final se ir decidir em dois jogos não muda a abordagem ao encontro desta terça-feira. "Não muda nada. Olhamos para este jogo, observamos os diferentes parâmetros dos jogadores e escolhemos o melhor onze para ganhar o jogo", assegurou.

Triunfo em Setúbal moralizador

O treinador do FC Porto destacou ainda a qualidade apresentada no triunfo do fim-de-semana sobre o Vitória de Setúbal. "Vimos de uma vitória em que não nos foi dado o mérito suficiente, em Setúbal. Preferiram olhar para o demérito do adversário. Olhando para esse jogo e para o estado anímico do plantel, bem como para o estado físico dos jogadores, vou escolher os que tiverem melhor para abordarem o jogo", avançou.

Mudar pormenores para alcançar sucesso

Sob as ordens de Sérgio Conceição o Porto tem chegado longe nas taças, mas tem falhado nos momentos decisivos. Sérgio Conceição diz que esses desaires se deveram a pormenores que é preciso corrigir. "Comigo o FC Porto tem chegado ao fim ou perto do fim de praticamente todas as decisões. Por alguns pormenores impediram-nos de ter alguns troféus e teremos de estar atentos a esses pormenores para termos mais sucesso", explicou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.