O técnico portista, antes de elogiar “o colectivo” azul e branco, deixou uma palavra de agradecimento à turma de Ponte de Lima.

“O jogo foi sempre dominado pelo FC Porto mas agradeço a forma como o Limianos se apresentou no Dragão, a querer disputar o jogo e a desfrutar desta oportunidade. É de louvar a atitude porque não é fácil encontrar este tipo de comportamento”, disse André Villas-Boas, em conferência de imprensa, após o encontro que acabou com a vitória natural dos portistas, detentores do troféu.

Walter marcou três dos quatro golos mas André Villas-Boas preferiu realçar "o colectivo".

"Tenho de estar satisfeito mas a verdade é que podia ter corrido melhor. Ainda bem que fomos para o intervalo a vencer por 2-0, porque se o Limianos tivesse marcado antes da primeira parte teria alimentado o sonho e complicado a situação. É importante que se mantenha o nível elevado e acreditar nas nossas capacidades", explicou Villas-Boas.

Na próxima semana o FC Porto defronta o Besiktas na Turquia mas Villas-Boas diz que ainda é cedo para pensar no confronto da Liga Europa.

O FC Porto venceu, este sábado, o Limianos por 4-1, e passou com naturalidade para fase seguinte da Taça de Portugal. Walter foi a figura do encontro ao apontar três golos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.