O FC Porto assegurou esta quarta-feira o primeiro lugar do Grupo G da UEFA Youth League, após vencer em casa o Mónaco, por 2-1, em jogo da sexta e última jornada da fase de grupos. Com este resultado, a equipa sub-19 dos 'dragões' garante o apuramento direto para os oitavos de final, com um total de 15 pontos, seguida pelo conjunto do Principado, com 10.

As duas equipas entraram em campo de forma algo contida, estudando-se mutuamente, com a primeira oportunidade de perigo para os azuis e brancos a surgir ao minuto 18, com uma bola enviada ao ferro por Diogo Bessa. O lance, contudo, já tinha sido anulado, por fora de jogo.

Três minutos depois, o FC Porto pede grande penalidade por alegada falta sobre Irala Vera, mas o árbitro mandou seguir. Aos 25', o Mónaco chegou à vantagem: Alioui recebe a bola em zona frontal, fora da área, e rematou rasteiro com o pé esquerdo. Diogo Costa bem se esticou, mas não evitou o 0-1.

Os 'dragões' foram atrás do prejuízo e depois das tentativas de Diogo Dalot (30') e Irala Vera (38'), o empate surgiu já perto do intervalo, por intermédio de Rui Pires: cruzamento de Afonso Sousa, a bola sofre um ressalto e sobra para o jovem médio, que remata para o 1-1.

A segunda parte arrancou com oportunidades de parte a parte: Ulien assustou aos 53 minutos, Afonso Sousa (55') e Dalot (60') responderam com remates perigosos, o primeiro travado por uma boa defesa de Mifsud, o segundo a rasar a trave da baliza.

Aos 66', o FC Porto consumava a reviravolta no marcador, através de Madi Queta, que aproveitou um erro da defesa monegasca para bater Mifsud. O avançado guineense acabaria por abandonar a partida pouco depois, com queixas no braço esquerdo - entrou Santos para o seu lugar.

Em vantagem, a equipa portuense limitou-se a gerir o resultado e a posse de bola até ao apito final.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.