O presidente do Comité Olímpico de Portugal (COP), José Manuel Constantino, destacou o antigo futebolista internacional Chalana como “uma figura nacional, muito consensual”, que faleceu aos 63 anos.

“É, seguramente, uma grande referência, não apenas do desporto nacional e particularmente do futebol, mas também uma figura nacional, muito consensual, pela sua maneira de ser e feitio e a facilidade que tinha de criar amizades”, disse.

O dirigente do COP falou aos jornalistas antes da partida para a quinta etapa da 83.ª Volta a Portugal.

“Para a minha geração, aquele pé esquerdo era de facto um pé maravilhoso. Perde o desporto e perde Portugal e lamentamos, naturalmente, esta partida do Chalana”, acrescentou.

Com início da formação no Barreirense, Chalana chegou ao Benfica em 1974/75, ainda com idade de júnior e mudou-se em 1984/85 para o Bordéus, clube no qual esteve três anos antes de regressar às 'águias', terminando a carreira com uma época no Belenenses (1990/91) e outra no Estrela da Amadora (1991/92).

Chalana estreou-se pela equipa principal dos 'encarnados' em 07 de março de 1976, então com apenas 17 anos e 25 dias, na altura o mais jovem a estrear-se na I divisão.

Ao serviço da seleção, 'Chalanix' fez parte da equipa que chegou às meias-finais do Euro84, sendo eleito mesmo para a equipa do torneio. Com a camisola ‘das quinas’, foi internacional por 27 vezes, com dois golos marcados, entre 1976 e 1988.

Após o final da carreira, Chalana esteve vários anos ligados à formação do Benfica e chegou mesmo a assumir o comando técnico da equipa principal das 'águias' em duas ocasiões, em 2002/03 e em 2007/08.

Na primeira passagem, esteve apenas um encontro aos comandos das 'águias', substituindo Jesualdo Ferreira antes do regresso de Toni, enquanto em 2007/08 fez os dois últimos jogos, numa temporada em que Fernando Santos começou no banco e foi substituído por José Antonio Camacho.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.