Timor-Leste continua a surpreender no torneio de futebol, nos VIII Jogos Desportivos da CPLP. Esta tarde, a formação timorense de sub-17 empatou a uma bola com Angola. O golo do empate foi conseguido já no período de descontos.

Foi um jogo bem disputado, no campo do Clube Desportivo de Mafra. Entrou melhor Timor-Leste no encontro, a chegar com grandes facilidades à zona de finalização. Em várias ocasiões, valeu a Angola a excelente atuação do seu guarda-redes, António Kizenga que, na partida anterior frente a Moçamibique, esteve no banco.

Aos 8, 13 e 14 minutos, Kizenga, com ajuda dos postes, evitou o golo da formação timorense, com defesas espetaculares, numa altura em que Timor-Leste dominava as operações.

Contra a corrente do jogo, Angola chegou ao golo ao minuto 19. Após uma saída em falso, o guarda-redes timorense ficou estendido no relvado, depois de chocar com um adversário. A bola ficou a mercê de Fernando Morais que rematou para a baliza deserta.

Este tento veio trazer tranquilidade à formação angolana, que passou a ter mais bola, a jogar no meio-campo timorense. As rapazes de Agostinho Martins acusaram o golo e passaram a sentir dificuldades para chegar junto da baliza angolana.

Na segunda parte, Timor entrou determinado em dar a volta ao marcador mas já sem a fluidez da primeira parte. Os jogadores começaram a abusar dos passes longos e do futebol direto. Estiveram perto de marcar ao minuto 18 da segunda parte, quando Feliciano Gonçalves viu Kizenga negar-lhe o empate.

O mesmo Feliciano Gonçalves viria novamente a perder o duelo com o guarda-redes angolano. O número nove timorense tinha tudo para fazer o golo mas deu mal na bola e esta acabou nas mãos do guarda-redes angolano, ao minuto 35.

À medida que os minutos iam passando, os timorenses iam ficando mais nervosos e passaram a usar de alguma virilidade. Foi assim que aos 35 minutos da 2ª parte, Timor passou a jogar com menos um, após expulsão do médio José Oliveira.

Mas a equipa não se desmoronou e continuou à procura do golo, conseguido já perto do apito final. Um cruzamento da direita encontrou Feliciano Gonçalves sozinho na pequena área. O número nove timorense não falhou dessa vez e atirou de cabeça para o fundo da baliza. Um empate que acaba por premiar a forma como Timor-Leste sempre lutou, na procura do golo do empate.

Nas meias-finais, Timor-Leste defronta Cabo Verde e Angola joga com Portugal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.