O presidente do território francês da Polinésia anunciou no domingo (10) que a competição de surf dos Jogos Olímpicos de 2024 poderá acontecer na sede de Teahupo'o, após meses de tensão entre as autoridades, comité organizador e a população local.

"A solução que adotamos esta tarde permite celebrar aqui os Jogos Olímpicos e que a WSL (Liga Mundial de Surf) mantenha uma etapa anual do circuito mundial", disse Moetai Brotherson, no Taiti, à AFP.

A organização dos Jogos Olímpicos de Paris-2024, programados para julho e agosto, designou o Taiti, no Oceano Pacífico, como sede para as competições de surf entre 27 e 30 de julho.

Mas a substituição de uma torre de madeira em Teahupo'o por uma estrutura de alumínio para abrigar os árbitros transformou-se numa fonte de tensão devido ao impacto para o meio ambiente.

Durante os testes técnicos realizados no dia 1º de dezembro, uma plataforma prevista para a instalação da nova torre quebrou vários pedaços de coral, o que levou o governo polinésio a suspender as obras.

Brotherson, que se reuniu no domingo com grupos de defesa do meio ambiente, apresentou um programa de obras que deve terminar em 13 de maio, poucos dias antes da etapa do circuito mundial da WSL, que será um teste para os Jogos Olímpicos em julho.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.