O selecionador português de andebol, Paulo Pereira, anunciou hoje a lista dos 22 convocados para o duplo compromisso com a Islândia, de qualificação para o Euro2022, de onde sairão, “em princípio”, os 20 atletas para o Mundial2021.

Desta lista, dominada pelo FC Porto, com 11 jogadores, deverá ‘nascer’ a convocatória para o campeonato do Mundo, que se realiza no Egito, de 13 a 31 de janeiro de 2021, e no qual Portugal integra o Grupo F, com Islândia, Marrocos e Argélia.

“Não sabemos, mas, em princípio, será”, disse Paulo Pereira, em conferência de imprensa virtual, quando questionado se a lista de convocados seria similar à do Mundial, para o qual só podem ser chamados 20 atletas, pelo que dois terão de ser ‘riscados’.

Três jogos consecutivos com a Islândia – dois na qualificação para o Euro2022, em 06 e 10 de janeiro, e um na estreia no Mundial2021, em 14 - obrigam a “distribuir as ideias” e “não aplicar todos os conteúdos no primeiro jogo”, realçou o técnico, admitindo que “o resultado do primeiro jogo vai ser fundamental e vai definir como abordar os seguintes”.

“Eles são uma equipa forte, vamos trabalhar para sermos melhores do que eles. Sentimos que podemos ser melhores e sabemos que ganhar só pode elevar o nosso valor. Sabemos que é uma equipa forte e que temos de fazer as coisas bem feitas”, sublinhou.

Paulo Pereira explicou como decorrerá o estágio: “Está a decorrer na Maia, treinámos hoje de manhã. Vamos treinar à tarde e amanhã [terça-feira] fazemos uma sessão de manhã. No último dia, fazemos duas sessões e, entretanto, vamos a casa. Regressamos no dia 01 [de janeiro de 2021] à noite, já em Matosinhos”.

O pivô Luís Frade, dos espanhóis do FC Barcelona, e o lateral Fábio Magalhães, do FC Porto, apenas se juntam à comitiva a partir de 02 de janeiro, tendo sido chamados Tiago Sousa, do Avanca, e Salvador Salvador, do Sporting, que estarão no estágio entre 27 e 30 de dezembro.

O ‘capitão’ da equipa das ‘quinas’, Rui Silva, frisou a vontade de “manter o nível” alcançado após o sexto lugar no Euro2020, a melhor participação portuguesa de sempre em fases finais, não sendo já “uma surpresa” aquilo que Portugal poderá fazer daqui para a frente.

“Todas as seleções evoluem defrontando as equipas mais fortes. O que fizemos no último ano fez com que evoluíssemos o patamar e o nível. Deixa de ser surpresa jogar numa grande competição e isso joga a nosso favor. Estamos preparados e focados para jogar a este nível”, expressou.

Portugal lidera o Grupo 4 da qualificação, com quatro pontos, resultantes de dois triunfos nas duas primeiras jornadas, enquanto a Islândia segue em segundo, com uma vitória no único jogo disputado até ao momento. Lituânia e Israel permanecem sem pontos no apuramento.

O primeiro jogo entre portugueses e islandeses realiza-se em 06 de janeiro, às 19:30, no Centro de Desportos e Congressos de Matosinhos, no Porto, seguindo-se uma deslocação à capital do país nórdico, Reiquiavique, em novo duelo no dia 10, às 16:00.

Lista de 22 convocados:

- Guarda-redes: Alfredo Quintana (FC Porto), Humberto Gomes (Póvoa AC) e Gustavo Capdeville (Benfica).

- Pontas: Pedro Portela (Tremblay, Fra), Diogo Branquinho (FC Porto), António Areia (FC Porto) e Leonel Fernandes (FC Porto).

- Pivôs: Tiago Sousa (Avanca), Victor Iturriza (FC Porto), Daymaro Salina (FC Porto), Alexis Borges (Montpellier, Fra) e Luís Frade (FC Barcelona, Esp).

- Laterais: Gilberto Duarte (Montpellier, Fra), João Ferraz (Aarau, Sui), Bélone Moreira (Benfica), Alexandre Cavalcanti (Nantes, Fra), André Gomes (FC Porto), Salvador Salvador (Sporting), Diogo Silva (FC Porto) e Fábio Magalhães (FC Porto).

Centrais: Miguel Martins (FC Porto) e Rui Silva (FC Porto).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.