O Benfica ficou hoje perto de se apurar para a ‘final a quatro’ da Liga Europeia de andebol, com um triunfo caseiro por 36-29 aos eslovenos do Gorenje, na primeira mão dos quartos de final.

A perder por 18-16 no descanso, a equipa orientada por Chema Rodríguez efetuou um segundo tempo de ‘luxo’ e teve nos sérvios Petar Djordjic (nove) e Lazar Kukic (oito) os artilheiros de serviço, enquanto Ibrahim Haseljic (seis) foi o mais inspirado no Gorenje.

Com sete golos de vantagem conquistados no seu pavilhão, o Benfica visita à Eslovénia em excelente posição para 'carimbar' um lugar na ‘final a quatro’ da competição, num jogo da segunda mão aprazado para a próxima terça-feira, às 17:45 (horas de Lisboa).

Os primeiros minutos mostraram um Benfica apático e desinspirado ofensivamente, o que levou o Gorenje a colocar o resultado em 7-3 e a obrigar Chema Rodríguez a pedir um desconto de tempo para reverter o comportamento dos seus pupilos no encontro.

Passados só nove minutos de jogo, essa curta paragem fez bem à formação da Luz, que recuperou terreno e, também devido a sucessivos erros da turma eslovena, conseguiu passar para a frente do marcador, graças a um tento do capitão Paulo Moreno (12-11).

No entanto, o Gorenje respondeu com novo desconto de tempo e conseguiu recuperar a vantagem até ao final do primeiro tempo, que findou com 18-16 a favor da equipa da Eslovénia, mas rapidamente o Benfica voltou a unir esforços e a anular a desvantagem.

Com o resultado empatado em 24-24, as ‘águias’ ganharam ímpeto e impuseram um parcial de 6-0, que praticamente sentenciou o triunfo, dada a inspiração de Sergey Hernández na baliza no segundo tempo, a impedir qualquer tipo de reação contrária.

Embalados pelo público no pavilhão e pela dupla sérvia Lazar Kukic e Petar Djordjic, o Benfica continuou imparável e, com grande alma, ficou a um passo de voltar a cumprir história na Liga Europeia, com uma vitória por 36-29, que resta confirmar na Eslovénia.

Jogo realizado no Pavilhão n.º2 do Estádio da Luz, em Lisboa.

Benfica – Gorenje, 36-29.

Ao intervalo: 16-18.

Sob a arbitragem dos romenos Mihai Marian Pirvu e Radu Mihai Potirniche, as equipas alinharam e marcaram:

- Benfica (36): Gustavo Capdeville, Rogério Moraes (4), Demis Grigoras (4), Mahamadou Keita (1), Lazar Kukic (8), Petar Djordjic (9), Alexis Borges (2), Ole Rahmel (3), Tadej Kljun, Sergey Hernández, Paulo Moreno (4) e Luciano da Silva (1).

Treinador: Chema Rodríguez.

- Gorenje (29): Aljaz Panjtar, Domen Tajnik (4), Timotej Grmsek (2), Tilen Sokolic, Ibrahim Haseljic (6), Matic Verdinek (3), Jernej Drobez, Urban Starc, Branko Predovic (2), Kenan Pajt (5), Peter Sisko (4), Enej Slatinek Jovicic (2) e David Miklavcic (1).

Treinador: Zoran Jovicic.

Assistência: Cerca de 1.000 espetadores.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.