A Dinamarca revalidou hoje o título de campeã mundial de andebol, ao bater a Suécia por 26-24, na final da 27.ª edição da prova, disputada no Cairo.

Os dinamarqueses, que ao intervalo estavam empatados 13-13, já tinham conquistado a prova em 2019, face à Noruega (31-22), depois de três finais perdidas, com a Checoslováquia (1967), a França (2011) e a Espanha (2013).

Numa prova em que a Espanha foi terceira, ao vencer a França por 35-29 no jogo de atribuição do bronze, Portugal, na quarta participação, conseguiu o melhor resultado de sempre, ao acabar no 10.º lugar.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.