A seleção portuguesa de andebol vai disputar a qualificação para o torneio olímpico de Paris2024 em Tatabánya, na Hungria, frente à formação magiar, a Noruega e a Tunísia, em março, anunciou hoje a federação internacional (IHF).

Portugal assegurou uma vaga num dos torneios pré-olímpicos ao terminar no sétimo o Campeonato da Europa de 2024, na Alemanha, e vai defrontar a Hungria, que tinha sido oitava no Campeonato do Mundo, em sua casa, a Noruega, sexta no Mundial, e a Tunísia, terceira do Campeonato de África, entre 14 e 17 de março.

O Conselho da Federação Internacional de Andebol (IHF) atribuiu a organização dos torneios a Espanha, Alemanha e Hungria, em pavilhões com capacidade superior a 6.000 espetadores, detalhou a IHF.

A ‘poule’ da seleção portuguesa vai ser disputada na Tatabánya Arena, o quarto maior recinto de andebol da Hungria, com seis mil lugares.

Os dois primeiros classificados de cada um dos três grupos qualificam-se para o torneio masculino dos Jogos Olímpicos Paris2024.

A França, como anfitriã, a Dinamarca, campeã do mundo, e os campeões continentais Argentina, Suécia, Egito e Japão já asseguraram a presença na capital gaulesa.

A seleção portuguesa procura repetir a presença olímpica de Tóquio2020, quando se tornou na primeira presença ‘oficial’ das modalidades coletivas de pavilhão em Jogos Olímpicos, naquela que foi a sétima presença coletiva nacional.

Embora a seleção de hóquei em patins tenha participado no torneio de demonstração em Barcelona1992, foi a seleção masculina de andebol que estreou as cores nacionais nos desportos coletivos de pavilhão em competição oficial nos Jogos Olímpicos, com o nono lugar.

Antes, a seleção masculina de futebol conta com quatro presenças e um quarto lugar em Atlanta1996, tal como a seleção de hóquei em patins, no torneio de demonstração de Barcelona1992, onde Portugal chegou como campeão do mundo - o primeiro título conquistado fora de solo nacional - e da Europa mas não foi além do quarto lugar.

A outra presença coletiva portuguesa pertence ao polo aquático, em Helsínquia1952, num torneio disputado por 21 países e em que a seleção portuguesa masculina ficou pela primeira fase preliminar, depois dos desaires frente ao Egito, por 10-0, e ao Brasil, por 6-2.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.