A judoca portuguesa Catarina Costa perdeu hoje no combate para atribuição da medalha de bronze no Grand Slam de Abu Dhabi, com a chinesa Zongying Guo, e terminou em quinto lugar.

Catarina Costa, vice-campeã europeia e quarta favorita na categoria de -48 kg em Abu Dhabi (oitava do ranking mundial), perdeu dois de cinco combates que realizou e, já na discussão do bronze, voltou a ir ao ponto de ouro.

Nas derrotas, Catarina Costa perdeu por waza-ari já nas meias-finais com a primeira favorita, a espanhola Julia Figueroa – acabaria por conquistar a medalha de ouro na final -, e, no seu último combate, foi eliminada com três castigos.

No combate com a chinesa, que chegou a Abu Dhabi como ‘outsider’ (46.ª do mundo), a judoca da Académica foi penalizada com um shido aos três minutos e, novamente, no prolongamento, aos 4.12 e 5.36 minutos, ditando o ‘hansoku-make’.

No primeiro dia de competição no Grand Slam de Abu Dhabi, Portugal teve ainda no ‘tatami’ Rodrigo Lopes (-60 kg), com uma vitória e uma derrota, enquanto Telma Monteiro (-57 kg) e Joana Diogo (-52 kg) perderam nos combates de estreia.

Telma Monteiro, que na segunda-feira denunciou o afastamento da selecionadora Ana Hormigo e que se queixou de não ter este ano verba do projeto olímpico – com a Federação a justificar que a judoca esgotou o ‘plafond’ que tinha -, perdeu com a chinesa Qi Cai (47.ª do ranking mundial).

Com oito judocas inscritos, Portugal terá, no sábado, Bárbara Timo, recente medalha de bronze nos Mundiais em Tashkent, a competir em -63 kg, e, no domingo, será a vez de Patrícia Sampaio (-78 kg), Rochele Nunes (+78 kg) e Anri Egutidze (-90 kg).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.