O Sporting é líder destacado da I Liga portuguesa de futebol masculino, com dez pontos de vantagem sobre o segundo classificado, o FC Porto. A 10 jornadas do final da prova, o clube de Alvalade parece caminhar para um título que lhe foge há 19 épocas.

E também do futebol feminino pode vir outra alegria para os 'verdes e brancos', com as 'leoas' na frente da fase de apuramento do campeão do Campeonato Nacional feminino 2020/21, terminada que está a primeira volta da mesma. O Sporting tem um ponto de vantagem sobre o eterno rival, Benfica, com o Famalicão a três pontos de distância e o Sp.Braga a quatro.

Campeã em título (conquistado em 2018/19, depois de em 2019/20 a época ter terminado sem vencedor em virtude da COVID-19), a equipa feminina do Sporting tem mais sete jogos pela frente, sendo que nas duas últimas jornadas visita Braga e na derradeira ronda recebe o Benfica. A conclusão da prova está prevista para o início de junho.

No futebol, então, o panorama é risonho para os lados de Alvalade. E nas modalidades de pavilhão, como estão as coisas?

Na frente também no futsal e no basquetebol masculinos, mas ainda com muito para jogar

Os 'leões' parecem de facto imparáveis com a bola nos pés esta temporada, estando a equipa de futsal masculino também na frente do campeonato nacional da modalidade. Ao fim de 27 das 30 jornadas da fase regular da prova, o Sporting soma mais dois pontos do que o Benfica e tem tudo para terminar na frente.

Sporting entre as quatro equipas da Europa sem derrotas no campeonato
Sporting entre as quatro equipas da Europa sem derrotas no campeonato
Ver artigo

Faltará, depois, jogar os 'play-offs', onde a confirmar-se o triunfo na fase regular, o Sporting terá a vantagem do 'fator casa' nos quartos de final (à melhor de três), meias-finais (à melhor de três) e final (à melhor de cinco). São, pois, boas as perspetivas de os 'leões' virem a recuperar o cetro que perderam para o Benfica em 2018/19 e que em 2019/20 não foi entregue a ninguém por culpa da COVID-19.

Já no futsal feminino as coisas não correram tão bem, com a equipa leonina a falhar o acesso à fase de apuramento do campeão. As 'leões', ainda assim, lideram destacadas a fase de manutenção, estando a salvo de uma eventual descida de escalão

Mas não é só a jogar com os pés que o Sporting vai dando cartas em 2020/21, com os 'leões' também na frente do nacional de basquetebol masculino. Depois de em 2019/20, em que regressou à modalidade, o clube de Alvalade ter visto o campeonato interrompido numa altura em que o liderava, esta temporada o Sporting volta a estar na frente da fase regular, a duas jornadas do fim da mesma, com três pontos de avanço sobre o FC Porto (que tem menos um jogo) e quatro sobre o Benfica.

Tal como no futsal, também aqui o Sporting poderá desta forma garantir a importante vantagem do 'fator casa' para os 'play-offs', que se jogam sempre à melhor de cinco jogos (quartos de final, meias-finais e final).

Títulos no andebol e hóquei em Patins ainda são sonho, no voleibol (masculino) esse sonho já terminou

No nacional de andebol masculino o Sporting ocupa, ao fim de 20 jornadas, o segundo lugar, com menos dois pontos do que o líder e 100% vitorioso FC Porto. Os 'leões' somam 19 vitórias e uma derrota, precisamente diante do rival azul e branco, que a turma de Alvalade visita na 25ª jornada.

Ao contrário das temporadas anteriores, o nacional de andebol decide-se, esta época, numa só fase, pelo que o Sporting tem então mais dez jornadas para ultrapassar os 'dragões' e recuperar o título que para eles perdeu em 2018/19 (última vez em que foi entregue). Na luta pelo primeiro lugar está também ainda o Benfica, com menos três pontos do que o Sporting e menos cinco do que o FC Porto, mas com menos um jogo disputado do que os rivais.

Já no hóquei em patins a distância do Sporting (terceiro classificado) para o FC Porto (que também lidera) é maior: sete pontos (mas menos um jogo disputado), com 24 das 26 jornadas da primeira fase já disputadas. Porém, o campeonato nacional de hóquei em patins será, esta época, decidido num sistema de 'play-offs', pelo que o sonho do título está completamente em aberto, ainda que neste caso os 'leões' não tenham, pelo menos na final, a tal vantagem do 'fator casa'.

Na vertente feminina o Sporting também está na luta, à procura de quebrar a hegemonia de longa data do Benfica. 'Águias' e 'leoas' lideram com os mesmos pontos ao fim da primeira volta da II fase, mas as 'encarnadas' têm um jogo em atraso. O Sporting visita o pavilhão do rival a meio de abril, no jogo que poderá decidir tudo.

Onde o Sporting já não pode sonhar com o título de campeão é no voleibol masculino. A equipa 'verde e branca' viu-se derrotada por 3-0 pelo Benfica nas meias-finais do 'play-off' e vai agora discutir com o Sp.Espinho o último lugar do pódio.

Mas se os homens estão fora da corrida, as senhoras ainda sonham e vão disputar no próximo domingo, dia 28, a 'negra' com o Leixões por um lugar na final do Campeonato nacional feminino de voleibol, onde já está o AJM FC Porto.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.