A meia-maratona de Gdynia, na Polónia, o ‘meeting’ da Liga de Diamante do Mónaco e a iniciativa Duelos no Jardim são os candidatos ao prémio Covid Inspiration, anunciou hoje a federação internacional de atletismo.

O troféu foi criado para reconhecer os esforços dos atletas e organizadores de competições de atletismo, para manter a atividade num ano de desafios sem precedentes devido à pandemia de covid-19.

“A necessidade foi a mãe da invenção para todos nós neste ano pandémico e pudemos ver iniciativas realmente criativas de atletas e organizadores que tiveram que se reinventar e superar grandes obstáculos para oferecer competições a atletas e adeptos”, referiu em comunicado o presidente da World Athletics, o britânico Sebastian Coe.

O ‘meeting’ da Liga de Diamante do Mónaco, realizado em 14 de agosto, após superados os inconvenientes derivados de restrições de tráfego aéreo global e implementados os protocolos de saúde para prevenir infeções pelo novo coronavírus, proporcionou ao ugandense Joshua Cheptegei o recorde mundial dos 5.000 metros (12.35,36 minutos).

A iniciativa Duelos no Jardim foi uma série de três competições idealizadas pelo multimedalhado saltador à vara francês Renaud Lavillenie, nas quais os atletas competiram em suas próprias casas ou nos seus centros de treino habituais.

A experiência atraiu um milhão de espetadores em mais de 90 países, de acordo com a federação internacional.

Apesar da pandemia, a meia-maratona de Gdynia, marcada para março, pôde finalmente ser realizada na cidade polaca em 17 de outubro.

A eleição da candidatura vencedora ocorrerá por meio de votação pública nas redes sociais da IAAF no Facebook, Twitter e Instagram até 15 de novembro e o vencedor será anunciado, juntamente com o restante prémios anuais, na gala virtual a realizar em 05 de dezembro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.