É uma das imagens do primeiro dia dos Mundiais de Atletismo que decorrem em Doha, Qatar. Jonathan Busby, atleta de Aruba, uma pequena ilha das Caraíbas, terminou a prova dos 5000 metros masculinos agarrado a Braima Suncar Dabo, atleta da Guiné-Bissau.

Os dois atletas eram os únicos a representar os respetivos países nestes 17.º Mundiais de Atletismo, devido as quotas atribuídas pela Federação Internacional de Atletismo.

Mesmo com o estádio Khalifa a uma temperatura amena devido ao sistema de refrigeração, o atleta de Aruba foi-se abaixo fisicamente na derradeira volta. Com Jonathan Busby a dar claros sinais de quebra física e até com dificuldades em manter-se de pé, o guineense Braima Suncar Dabo deu uma enorme lição de fair-play ao voltar atrás para amparar o adversário e ajuda-lo a cortar a meta.

Os dois atletas terminaram a prova com um tempo quase na casa dos 18 minutos mas acabaram desqualificados. Apesar disso, foram alvos de uma enorme ovação por parte dos adeptos presentes no estádio Khalifa.

A prova foi ganha por Selemon Barega, da Etiópia, com o tempo de 13:24.69.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.