A marchadora Inês Henriques (CN Rio Maior) vai disputar o Mundial de marcha de seleções, em Mascate, após a exclusão das provas de 50 quilómetros dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, juntamente com Rui Coelho (Benfica) e Inês Mendes.

Portugal vai estar representado na capital de Omã, em 04 e 05 de março, pela mais pequena delegação portuguesa de sempre na competição, cuja primeira edição foi disputada em 1987, em Nova Iorque, então sob a designação de Taça do Mundo de marcha.

Inês Henriques estabeleceu o recorde do mundo dos 50 quilómetros em 2017 e deteve-o até 2019, tendo durante esse período conquistado os títulos mundial e europeu da distância, mas, face à exclusão da prova do programa de Tóquio2020, falhou aqueles que podiam ter sido os seus quartos Jogos Olímpicos.

Agora, com a integração dos 35 quilómetros nos Mundiais e Europeus agendados para este ano, a marchadora riomaiorense conquistou pela terceira vez o título nacional nesta distância, em 16 de janeiro, em Porto de Mós, onde também venceu Rui Coelho, pela primeira vez, após seis triunfos seguidos de João Vieira.

O marchador do Sporting é uma ausência notada na convocatória divulgada hoje pela Federação Portuguesa de Atletismo (FPA), mas porque não compete desde 06 de agosto de 2021, quando alcançou o quinto lugar na prova de 50 quilómetros de Tóquio2020, em Sapporo, e, em setembro, foi operado a uma rotura na anca direita, antevendo, então, vários meses de recuperação.

Igualmente de fora da competição de seleções ficou a olímpica Ana Cabecinha (CO Pechão), que se sagrou campeã nacional dos 20 quilómetros marcha no passado dia 06, em Olhão, em 01:36.10 horas, falhando a marca de qualificação (01:33.00).

Apesar de ter sido 20.ª em Tóquio2020, a algarvia continua a deter o melhor resultado das provas de marcha em Jogos Olímpicos, com a sexta posição no Rio2016, depois do sétimo lugar em Londres2012 e do oitavo em Pequim2008.

Além de Inês Henriques e Rui Coelho nas provas de 35 quilómetros, Portugal vai estar ainda representado na prova feminina de 10 quilómetros de sub-20 pela também riomaiorense Inês Mendes, que atualmente compete como individual.

Portugal tem como melhores resultados na competição os alcançados por Vera Santos, segunda nos 20 quilómetros em 2010 e terceira em 2008, no setor feminino, e João Vieira, oitavo na mesma distância em 2006.

Inês Mendes vai ser a primeira a entrar em prova, no dia 04 de março, enquanto Inês Henriques e Rui Coelho vão disputar as suas competições no dia seguinte.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.