Leandro Ramos, com o recorde nacional no lançamento do dardo, e Isaac Nader, com muito boa evolução nos 800 metros, foram ontem os atletas mais em destaque no 'meeting' de atletismo da Maia.

O jovem lançador do Benfica, de 20 anos apenas, voltou a bater o recorde nacional do dardo, melhorando para 81,32 metros. Leandro Ramos bateu pela primeira vez o recorde nacional em 2019, enquanto júnior, com 77,52, e este ano melhorou sucessivamente para 78,44 em fevereiro e para 79,01 e 80,81 em abril.

Na Maia, conseguiu os 81,32 no primeiro lançamento, mas foi depois ultrapassado pelo colombiano Billy Lopez.

Quanto a Isaac Nader, progrediu quase dois segundos e meio nos 800 metros, de para 1.46,53 minutos, subindo a quinto português de sempre e o melhor desde Rui Silva em 2004.

Evelise Veiga igualou o seu recorde pessoal no comprimento, com 6,64, e Marcos Chuva conseguiu a melhor marca nacional do ano, com 7,74, na prova masculina.

Auriol Dongmo voltou a passar os 19 metros no peso (19,17 e 19,09), enquanto Francisco Belo esteve novamente acima dos 20 metros na prova masculina (20,08), na qual se destacou mais uma vez Otonilel Badjana, que progrediu para 18,16 (já é o sexto nacional de sempre).

Destaque ainda para o primeiro triunfo da época de Irina Rodrigues (61,49 a abrir e cinco nulos a seguir) sobre Liliana Cá (61,22), no disco. Ambas as atletas vão estar nos Jogos Olímpicos, por marca direta ou por 'ranking'.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.