A Assembleia da República aprovou hoje, por unanimidade, um voto de louvor ao atleta Nelson Évora pela medalha de prata conquistada na final do triplo salto do Campeonato Europeu de Atletismo em Pista Coberta, em 03 de março.

“Aos 34 anos, quase a fazer 35, Nelson Évora continua a brilhar ao mais alto nível no panorama desportivo internacional e a elevar as participações portuguesas a níveis de excelência, juntando agora o título de vice-campeão europeu aos diversos títulos em grandes competições anteriormente obtidos, como o título mundial em 2007 ou o ouro olímpico em 2008”, realça o texto do voto.

Os sociais-democratas consideram que “os superiores resultados” de Nelson Évora, mesmo após “um longo e difícil período de complicações físicas”, “demonstram de forma inequívoca o seu caráter, espírito de sacrifício e resiliência, próprios dos grandes campeões, tornando-o um exemplo para todos os desportistas”.

“Com mais este feito, Nelson Évora engrandece o desporto nacional e demonstra, além do seu enorme talento, uma capacidade de trabalho invulgar que tem permitido a concretização de uma carreira desportiva de grandíssimo relevo”, acrescentam.

Nelson Évora conquistou em 03 de março a medalha de prata no triplo salto dos Campeonatos da Europa de atletismo de pista coberta, em Glasgow, na Escócia.

Com um salto de 17,11 metros, o seu melhor registo da época, o saltador português conseguiu a sua 11.ª medalha em grandes competições e finaliza a época como o terceiro melhor europeu do ano em pista coberta.

O vencedor do concurso foi o azeri Nazim Babayev, com 17,29 metros, que assim sucede a Évora, campeão de 2015 e 2017.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.