O queniano Elisha Rotich venceu hoje a maratona de Paris em 2:04.23 horas, novo recorde da prova, enquanto na categoria feminina o triunfo foi para a etíope Tigist Memuye.

Rotich, 31 anos, melhorou o anterior recorde da prova parisiente em mais de um minuto e meio, depois deste ter sido fixado em 2014 pelo etíope Kenenisa Bekele (2:05.04 horas).

O etíope Hailemaryam Kiros, seguido por Hillary Kipsambu, outro queniano, foram segundo e terceiro classificados, respetivamente a 19 e 21 segundos do vencedor.

Na prova feminina, um trio de atletas etíopes tomou conta do pódio, tendo Tigist Memuye vencido com o tempo de 2:26.12 horas, superando Yenenesh Dinkesa, segunda com 2:26.15, e Fantu Jimma, terceira com 2:26.22.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.