A atleta do Sporting Carla Salomé Rocha sagrou-se hoje campeã nacional de corta-mato longo, ao vencer a corrida de oito quilómetros disputada na Amora, onde as ‘leoas’ revalidaram, também, o título coletivo.

Rocha começou a ‘descolar’ das colegas de equipa logo na segunda volta ao circuito de dois quilómetros e cortou a meta isolada, em 27.37 minutos, sucedendo a Dulce Félix, que não defendeu o título conquistado em 2019 por se encontrar lesionada.

As ‘leoas’ Sara Moreira (27.56) e Catarina Ribeiro (28.00) completaram o pódio, numa prova em que, em termos coletivos, o Sporting dominou completamente ao conquistar também o quarto lugar, por Jéssica Augusto, conseguindo a pontuação mínima na competição.

Os Campeonatos de Portugal de corta-mato voltaram hoje a disputar-se, após a edição do ano passado ter sido cancelado pela pandemia de covid-19, mas ficaram marcados pela ausência do Benfica, que recusou participar por não serem exigidos testes de covid-19 aos participantes.

A competição disputou-se no Parque do Serrado, na Amora, num circuito de dois quilómetros percorrido em quatro voltas, por 40 atletas, divididas em duas séries de 20 corredoras cada, como medida de prevenção contra a pandemia de covid-19.

Seniores femininos (8 km):

1. Carla Salomé Rocha (Sporting), 27.37 minutos.

2. Sara Moreira (Sporting), 27.56.

3. Catarina Ribeiro (Sporting), 28.00.

4. Jéssica Augusto (Sporting), 28.07.

5. Lia Lemoa (Maratona), 28.15.

Clubes:

1. Sporting, 10 pontos.

2. Recreio de Águeda, 32.

3. Feirense, 89.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.