O Sporting fechou hoje o último dia do período de transferências do atletismo com a contratação de Tiago Aperta, o recordista nacional do lançamento do dardo, que esteve sem clube na última época.

A transferência já tinha sido tentada há um ano, mas por problemas legais acabou por não se concretizar e em 2017 o atleta esteve sem clube, apenas sendo convocado para a seleção nacional em nome dos interesses da equipa.

Bastante ativo nos últimos dias, o clube ‘verde e branco’ também anunciou hoje a entrada de Dorothee Évora, quatrocentista que vem do Benfica, e a jovem velocista Rosalina Santos, ex-Estreito.

Na época de transferências, o Sporting foi de longe o clube mais 'comprador', dando guarida à quase totalidade dos dispensados do Benfica, que junta a contratações 'cirúrgicas' para o setor feminino, sobretudo de meio-fundo e fundo.

As exceções são a atleta de combinadas Lecabela Quaresma, que 'ruma' a Leiria, para a Juventude Vidigalense, e a triplista Susana Costa, que a nível de Sporting está totalmente 'tapada' por Patrícia Mamona. Susana, que tem um encargo de transferência elevado, ainda não tem clube definido.

Para o meio-fundo feminino, o Sporting apostou forte e junta à continuidade de Jéssica Augusto e Sara Moreira as entradas de Salomé Rocha e Catarina Ribeiro, que até hoje corriam como individuais, e Inês Monteiro, que representava o Seia - três atletas com larga experiência internacional ao mais alto nível.

Destaque ainda para a chegada, da Juventude Vidigalense, de Evelise Veiga, a melhor saltadora em comprimento da atualidade, transferência que é contrabalançada com a saída de Shaina Mags.

Do grupo de 10 atletas dispensados pelo Benfica no início do mês, o Sporting 'absorve' Yazaldes Nascimento, Alberto Paulo, Edi Maia, Tiago Costa e Cátia Pereira. Das 'águias' chegam também Carina Vanessa, Luís Monteiro e Miguel Moreira.

Outros reforços são Tiago Lopes (ex-Seia), Miguel Marques (ex-Juventude Vidigalense) e a fundista romena Claudia Bobocea, atleta olímpica que está a viver no Algarve.

Quanto ao Benfica, vira-se para atletas ainda muito jovens, prescindindo de contratar nomes fortes. Exemplo disso são Simão Pereira (Donas), o melhor juvenil do salto em altura, já com 2,01 metros, e Leandro Ramos (Gira Sol), melhor juvenil no lançamento do dardo (e quarto absoluto).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.