A turca Yasemin Can, individualmente, e a Holanda, coletivamente, venceram a prova feminina principal dos Europeus de corta-mato, que estão a decorrer na Holanda, na qual Portugal teve uma presença discreta.

Yasemin Can esteve na frente durante grande parte da prova, quebrou um pouco a dois quilómetros do fim, sendo ultrapassada pela suíça Fabienne Schlumpf, mas recuperou nos metros finais para assegurar um triunfo indiscutível em 26.05 minutos, com um segundo de vantagem sobre a suíça, tendo a norueguesa Karoline Grovdal chegado em terceiro (26.07).

A melhor portuguesa foi Carla Salomé Rocha, em 28.º lugar, muito longe das primeiras (27.48), liderando uma equipa que nunca conseguiu ultrapassar as dificuldades do percurso. Depois dela chegaram Inês Monteiro, a atleta com mais participações na história da prova (15), que foi 41ª (28.05), Catarina Ribeiro foi 58.ª (28.42) e Cátia Santos foi 65.ª (29.01). Jessica Augusto (após a primeira volta) e Sara Moreira (depois dos 4.000 metros) desistiram.

A equipa portuguesa foi 12.ª com 127 pontos, muito longe dos lugares do pódio coletivo, que foi liderado pela Holanda (20 ponto), seguida da Grã-Bretanha (24) e da Alemanha (50).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.