A velocista de origem cubana Arialis Gandula já pode representar Portugal, anunciou hoje a Federação Portuguesa de Atletismo (FPA).

“O Nationality Review Panel, da World Athletics, avaliou a candidatura da velocista de origem cubana Arialis Gandulla e decidiu que a atleta, atualmente ao serviço do Sport Lisboa e Benfica, poderá representar Portugal com efeitos imediatos”, refere a federação em comunicado.

Arialis Gandulla, que completa 26 anos este mês, tem como melhores marcas os tempos de 7,44 segundos, 11,22 segundos e 23,08 segundos, nos 60, 100 e 200 metros, respetivamente.

A atleta tem no seu palmarés duas medalhas de ouro nos campeonatos pan-americanos de juniores, em 2013, na Colômbia, nos 100 e 200 metros, uma medalha de bronze nos Jogos da América Central e do Caribe, em 2014, no México, na estafeta de 4x100 metros, e a prata nos Jogos da América Central e do Caribe para sub-23, em 2016, em São Salvador.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.