Chegado esta quarta-feira a Angola, o internacional angolano Carlos Morais, a atuar no Mens Sana da Itália, é mais um 'reforço' para a seleção de basquetebol, que de 30 deste mês a 2 de dezembro disputa em Luanda o torneio de qualificação para o Mundial de 2019.

O extremo aumenta o leque de opções para o técnico Willian Voigt, que na quinta-feira fará a última triagem do grupo para escolher os 12 atletas que vão representar o país no torneio.

Aguarda-se pela chegada, ainda hoje, do poste Yanick Moreira, dos gregos do PAOK, segundo fonte ligada à organização da prova.

Angola ocupa a segunda posição do grupo E, com 15 pontos, e necessita de duas vitórias para garantir o apuramento. A seleção vai defrontar os Camarões (14 pontos), Chade (12) e Tunísia, já apurada com 18 pontos.

O Mundial realiza-se de 30 de agosto a 15 de setembro de 2019, na China.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.