A seleção angolana sénior masculina de basquetebol começa a definir presença no próximo mundial da modalidade esta sexta-feira, no pavilhão Multiusos do Kilamba, em Luanda, diante dos Camarões, por sinal, seu concorrente directo à única vaga imediata restante ao grupo E.

A partida, cuja vitória apenas interessa para os angolanos, tem início marcado para as 20 horas e prevê-se difícil, tendo em conta o potencial do adversário, tecnicamente orientado por Lazare Adingono, que trabalha em Angola (Petro) e julga-se venha a conhecer - o suficiente para contra-pôr - boa parte dos atletas nacionais.

O conjunto angolano detém certo favoritismo teórico e junta a isto o facto de jogar diante do seu público, mas o selecionador Willian Voigt e comandados terão que esgrimir em campo os argumentos resultantes das cerca de três semanas de preparação para conquistar os dois pontos em disputa, sob pena de começar por ver seus objectivos comprometidos, visto que defrontarão ainda no torneio a forte seleção tunisina, única invicta no grupo.

A seleção angolana necessita, no mínimo, de duas vitórias para garantir presença no mundial de 2019, na China, e neste torneio, a decorrer até ao dia 2 de dezembro, vai jogar também com o hade (6º/ 12 pt), adversário acessível, daí que o ideal seria ganhar a partida inaugural, por formas a que se tenha situação resolvida aquando do embate com a Tunísia, primeira do grupo e já qualificada com 18 pontos.

Angola e Camarões estão separados por apenas um ponto na classificação, com vantagem para os anfitriões (2.º/15 pt) e encontram-se pela segunda vez no espaço de dois meses, no arranque de uma “janela”, depois da vitória angolana, por 83-76, em Radés (Tunísia).

Os camaroneses são terceiros classificados com 14 pontos, os mesmos que o Egipto (4.º), enquanto Marrocos é quinto, com 12 pontos.

Doze seleções, divididas em duas séries de seis, disputam as cinco vagas a que o continente tem pela primeira vez direito. Está igualmente apurada a Nigéria, integrante da série F com as seleções do Senegal, Ruanda, República Centro Africana (RCA), Costa do Marfim e Mali. A copa do mundo da FIBA acontece de 31 de agosto a 15 de setembro de 2019.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.