Ao vencer nesta noite de sábado o Petro de Luanda por 108-82, na quarta partida dos 'play-offs' à melhor de cinco jogos, o 1º de Agosto igualou a eliminatória (2-2) e forçou o quinto encontro.

Depois de ter vencido o primeiro jogo e perdido os dois seguintes, os "militares" viram-se obrigados a vencer este sábado, sob pena de serem afastados da luta pelo título, pelo que entraram para o recinto (pavilhão Victorino Cunha) sem margem para erros.

O jogo foi disputado de forma intensa do primeiro até perto do último minuto, uma vez que na ponta final, com a vitória do 1º de Agosto garantida, ambas as equipas reduziram o ritmo.

A primeira parte ficou marcada pelas várias alternâncias na liderança do marcador e sucessivos empates, mas com os "rubro-negros" a terminarem na liderança com quatro pontos de vantagem (52-48).

Na etapa complementar, particularmente no terceiro período, surgiu o "herói improvável". O poste Mutu Fonseca, que tem sido muito pouco utilizado, entrou para substituir Felizardo Ambrósio, que averbava três faltas, e fez a diferença, marcando seis pontos consecutivos, ajudando a sua equipa a elevar a diferença para 11 pontos (66-55), jogados 11 minutos do referido quarto.

No último período, o 1º de Agosto, em casa, jogou sobre os erros do adversário, que acusou ansiedade na redução da desvantagem e foi cometendo erros sucessivos. Foi assim que no final, os "militares" chegaram até aos 26 pontos de diferença no final da partida (102-82).

Na terça-feira, as duas equipas disputam o jogo que vai determinar quem vai defrontar o Libolo, na final.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.