Um afundanço de Deandre Ayton no último segundo permitiu aos Phoenix Suns arrancarem uma vitória por 104-103 na receção aos Los Angeles Clippers e reforçar a liderança na final da Conferência Oeste da Liga Norte-americana de Basquetebol (NBA).

A perderem por 102-103 a 0,9 segundos do fim, os Suns beneficiaram da capacidade de impulsão do seu poste, que recebeu uma reposição milimétrica de bola de Jae Crowder em pleno ar, afundando a bola no cesto com as duas mãos e, com ela, as expectativas dos Clippers de vencerem o segundo jogo da final, disputado na terça-feira (madrugada de hoje em Lisboa).

Depois da derrota sofrida na estreia, também em Phoenix, por 120-114, os visitantes entraram determinados em igualar a série, com um parcial de 6-0, mas rapidamente os anfitriões assumiram o comando das operações, tendo liderado durante grande parte do jogo, apesar de quase sempre por margem reduzida.

A vantagem dos Suns ao intervalo, por 48-47, dava nota do equilíbrio, mas a equipa de Phoenix chegou a deter sete pontos de vantagem no quarto e último período (86-79), antes de os Clippers recuperarem e, graças a seis pontos seguidos de Paul George, entrarem no derradeiro minuto da partida na frente do marcador.

Paul George terminou com 26 pontos, seis ressaltos e nove assistências, tendo sido apenas superado na pontuação por Cameron Payne, base dos Suns (29 pontos e nove assistências), enquanto o afundanço de Ayton elevou os números finais do poste para 24 pontos, tendo ainda capturado 14 ressaltos.

Os próximos dois jogos da Conferência Oeste realizam-se em Los Angeles. A equipa que se impuser avança para a final da NBA, na qual vai encontrar o vencedor da Conferência Este, entre Milwaukee Bucks e Atlanta Hawks, cuja série ainda não se iniciou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.