A Câmara Municipal de Ponta Delgada aprovou hoje em reunião camarária um voto de congratulação ao Clube União Sportiva pela conquista da Taça Federação da Liga feminina de basquetebol.

O voto de congratulação à equipa de Ponta Delgada, campeã nacional em título, pela conquista da Taça Federação foi proposto pelo presidente da autarquia da maior cidade açoriana, José Manuel Bolieiro, e aprovado por unanimidade.

A equipa da União Sportiva conquistou a 10.ª edição da Taça Federação, ao vencer na final o GDESSA Barreiro, por 63-62.

Em reunião de câmara ficou, também, deliberada a atribuição da “Medalha de Mérito Municipal” a Alexandre Linhares Furtado, António Frias Martins, Jaime Meireles e Victor Hugo Forjaz, quatro personalidades ligadas à ciência.

O reconhecimento foi proposto pela Comissão Municipal de Toponímia, Distinções Honoríficas e Património Cultural e aprovado por unanimidade.

Alexandre Linhares Furtado, médico e professor jubilado da Universidade de Coimbra, é natural da freguesia da Fajã de Baixo, concelho de Ponta Delgada, e foi o autor do primeiro transplante renal e da primeira colheita de rins de cadáver feitos em Portugal, tendo impulsionado o programa de transplantação hepática pediátrica e introduzido terapêuticas médicas complementares na área oncológica.

O biólogo António Frias Martins, professor jubilado da Universidade dos Açores, foi presidente da Associação Mundial de Malacologia e coordenador do Polo Açores do Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos, tendo-se especializado em Sistemática e Evolução de Moluscos. Atualmente, preside a Sociedade Afonso Chaves, uma associação que pretende dar continuidade aos estudos sobre temática açoriana nas áreas da Meteorologia, Geologia, Botânica, Zoologia, História, Etnografia e Artes Plásticas.

Na área da Vulcanologia, foi distinguido o professor jubilado da Universidade dos Açores e especialista em Riscos Geológicos e Vulcanológicos em Ciências Geotérmicas Victor Hugo Forjaz, que preside o Observatório Vulcanológico e Geotérmico dos Açores, tendo liderado o Programa Geotérmico dos Açores, e contribuído para a fundação da International Society of Planteology e do Instituto de Geociências dos Açores.

Foi, ainda, laureado o engenheiro Jaime Meireles, fundador do Laboratório Regional de Engenharia Civil, autor de cálculos de novos pavimentos açorianos com materiais vulcânicos e dinamizador da prospeção geotécnica para segurança das construções nos Açores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.