O FC Porto colocou-se hoje em vantagem na luta pelo título nacional de
basquetebol ao vencer o Benfica, por 77-71, no Dragão Caixa, no Porto, no
primeiro jogo do "play-off".

A formação portista, com João Santos em evidência no capítulo da eficácia,
ao somar 10 pontos, seis dos quais através de lançamentos triplos, impôs-se no
primeiro período de jogo, que terminou a vencer por nove pontos (21-12).

O Benfica, que aos seis minutos ficou privado de Seth Doliboa, por lesão,
reagiu no início do segundo período, em que diminui a diferença para três
pontos, aos 29-26, fruto de um maior acerto nas tabelas.

A formação "encarnada" foi superior aos portistas no segundo
período, em que fez um parcial de 22-18, e revelando um maior acerto na
concretização encurtou a desvantagem ao intervalo para cinco pontos (39-34).

O Benfica, muito por culpa da mão quente de Heshimu Evans, deu continuidade
no início da segunda parte ao ascendente que vinha evidenciando antes do
intervalo, tirando partido da parcial apatia e ineficácia dos
"dragões".

Marcando consecutivamente dos 30 aos 41 pontos, entre o final da primeira e
o início da segunda parte, o Benfica logrou anular a vantagem do FC Porto e
passou para a frente aos 41-39.

Gregory Stempin recolocou o FC Porto na dianteira, aos 42-41, e após nova
vantagem do Benfica, aos 43-42, novo triplo, mas Carlos Andrade voltou a dar a
liderança aos "azuis e brancos", aos 48-45.

O terceiro período do encontro foi equilibrado, como atesta o parcial de
19-18 favorável ao Benfica, e apesar da vantagem no jogo pertencer ao FC Porto,
por 57-53, mantinha-se a incerteza quanto ao vencedor.

O FC Porto chegou a uma vantagem de nove pontos aos 66-57, que
paulatinamente foi perdendo até aos 67-66, com um acumular de erros, para
desespero do público presente no Dragão Caixa.

Nos minutos finais, prevaleceu o maior acerto da formação portista, que
conseguiu voltar a distanciar-se do Benfica, com um parcial de sete pontos
consecutivos, o que lhe permitiu "fechar" aos 77-71.

O portista Gregory Stempin e o benfiquista Ted Scott, ambos com 26 pontos,
foram os jogadores em evidência no capítulo da concretização. FC Porto e
Benfica voltam a defrontar-se no domingo, para o segundo jogo do
"play-off", a disputar à melhor de cinco.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.