Campeões europeus em 1983 e 1999, os transalpinos, que não conseguem um lugar de relevo desde o terceiro posto na edição de 2003, fizeram uma grande segunda parte, depois de terem chegado ao intervalo a perder por seis pontos (51-45).

Marcu Spissu, com 22 pontos, seis assistências e quatro ressaltos, Achille Polonara, com 16 pontos e oito ressaltos, Simone Fontecchio, com 19 pontos e cinco ressaltos, e Nicolò Melli, com 21 pontos, seis ressaltos e quatro assistências, estiveram em grande plano na seleção italiana.

Por seu lado, Nikola Jokic, ‘Jogador Mais Valioso’ (MVP) da NBA em 2020/21 e 2021/22, ao serviço dos Denver Nuggets, foi o melhor dos sérvios, ao somar 32 pontos, 13 ressaltos, quatro assistências e dois roubos de bola.

Vasilije Micic, com 16 pontos e oito assistências, e Nikola Kalinic, com 12 pontos, também estiveram bem no conjunto sérvio, que pagou caro a entrada em falso no quarto parcial, ao sofrer um parcial de 16-2, incluindo quatro ‘triplos’.

Nos quartos de final, a Itália vai medir forças com a França, medalha de prata nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, realizados em 2021, que, no sábado, esteve quase eliminada, mas acabou por conseguir bater a Turquia por 87-86, após prolongamento.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.