LeBron James inaugurou, esta segunda-feira, a sua escola pública em Akron, cidade onde nasceu, no Estado de Ohio, para crianças e jovens em situação de risco. No dia da sua inauguração a escola 'I Promisse School', de seu nome, recebeu os primeiros 240 alunos, numa festa de abertura que contou com a presença do astro da NBA, assim como toda a sua família. LeBron quer que a escola seja um modelo para o ensino público, mas também privado dos EUA.

A escola, um desejo antigo do jogador de 33 anos, foi financiada pela James's Family Foundation e contou também com o apoio de órgãos públicos de Akron e empresas privadas através de parcerias.

E foi um LeBron nervoso, aquele que discursou perante a plateia, onde falou do que lhe ia alma. Dispensou o discurso escrito e falou de coração, sobre o projeto, a cidade e a sua infância.

"Como criança em Akron, lembro-me perfeitamente de andar por estas ruas aqui perto, de ir para a escola de bicicleta. Quando as pessoas me perguntam porque estamos a fazer isto, a minha resposta é: 'Sei exatamente o que estas crianças passam, sei dos seus problemas, os desafios, os altos e baixos, os sonhos e pesadelos. Porque eu passei por isto tudo", contou o novo jogador dos LA Lakers.

"Este rapaz magro de Akron, que perdeu 83 dias de aula na quarta classe, tinha grandes sonhos para as crianças de Akron, para lhes dar tudo o que elas precisam para encontrar as suas paixões, retribuir à nossa comunidade e mudar o mundo", continuou.

"Estas crianças precisam de saber que há alguém que se preocupa com elas, que nós nos importamos com os seus sonhos, aspirações. A escola é sobre aprender, fortalecer a mente e também sobre relações de amizade que vamos fortalecendo no dia-a-dia. Quero que estas crianças tenham as mesmas oportunidades que todas as outras. A nossa responsabilidade, enquanto adultos, é não deixa-las caírem, sermos professores, mentores, sermos inspiração. Porque elas são o nosso futuro e têm grandes sonhos, que vão para lá dos limites de Akron, do estado de Ohio e dos Estados Unidos da América", acrescentou.

A escola 'I Promisse School' vai expandir todos os anos até atender mil alunos do primeiro ao oitavo ano em 2022 e não vai oferecer apenas aulas. Com a filosofia "We are family" (Somos uma família), vai dar suporte académico, profissional e emocional aos alunos e, orientação profissional aos pais e encarregados de educação. Além disso, terá uma despensa básica abastecida pelo Banco Regional de Comida de Akron-Canton para as famílias. Os jovens terão direito ao pequeno almoço, almoço e lanche, além de transporte. A escola também tentará gerar um ambiente em que os alunos podem sentir-se confortáveis emocionalmente para superar traumas e as dificuldades do dia-a-dia.

Antes da inauguração, o jogador de 33 anos explicou o que o levou a avançar para esta iniciativa de dar à comunidade um pouco do que recebeu.

"Conheço estas crianças melhor do que elas mesmas. Andei por estas ruas, tive as mesmas emoções, boas, más. Sei das adversidades que vão passar, drogas, violências, armas... sei disso tudo. E estar numa posição em que tenho a estrutura financeira, uma equipa, a cidade inteira...  Porque não ajudar os outros? ‘ justificou o astro, antes da inauguração, lamentando não poder estar presente todos os dias na escola.

"Neste momento é um sentimento ambíguo porque, de um lado, inauguramos esta nova escola e quero estar aqui no dia-a-dia, dando o meu apoio. Mas por outro lado estou a mudar-me para Los Angeles", atirou.

A iniciativa de LeBron James foi fortemente elogiada por várias personalidades, como alguns dos seus colegas da NBA como Stephen Curry, do Golden State Warriors, e Chris Paul, do Houston Rockets. Também Michelle Obama, mulher de Barack Obama, deu os parabéns a 'King' James pela iniciativa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.