Moncho López completou na sexta-feira o 500.º jogo como treinador do FC Porto, na vitória dos ‘dragões’ sobre o Lusitânia (80-56), no Dragão Arena, na oitava jornada do campeonato português de basquetebol.

“Soube apenas há um ou dois dias que este era o jogo 500 e receber a camisola foi algo muito bonito e emotivo. Sou muito comprometido com o clube e sinto-me feliz cada vez que acordo e penso que sou treinador do FC Porto. Gostava que fossem 500 vitórias, mas fico muito orgulhoso por esta marca”, assumiu o técnico espanhol.

Nos 500 jogos pelos portistas, Moncho López somou 387 vitórias, a última das quais na noite de sexta-feira frente ao Lusitânia, um resultado que permite ao FC Porto liderar isolado o campeonato, com 14 pontos, correspondentes a sete vitórias e uma derrota, por falta de comparência.

“Era um jogo em casa, que preparámos em condições difíceis, e que tínhamos de vencer. Jogámos um pouco aos soluços, o que fez com que não tenhamos sido consistentes. Ganhámos com uma diferença ampla e demos minutos a jogadores que vinham jogando menos, mas o que importa é que somámos mais uma vitória”, disse, após ser homenageado no Dragão Arena.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.