Vanessa Bryant, viúva de Kobe, recorreu às redes sociais para divulgar algumas imagens do processo contra o xerife e os bombeiros de Los Angeles por uma alegada partilha de fotografias no local do acidente que tirou a vítima ao antigo basquetebolista.

Nas imagens reveladas por Vanessa Bryant pode ler-se que a viúva de Kobe falou com o xerife sobre a sua preocupação de que o site do departamento pudesse ser hackeado e as fotografias do acidente fossem consequentemente reveladas.

Na altura, o xerife tranquilizou Vanessa Bryant, mas, mais tarde, veio a saber-se que um dos elementos da polícia local tinha entre 25 a 100 fotografias do local no seu telemóvel pessoal. Algumas dessas imagens mostravam restos mortais e foram partilhadas entre os vários membros do departamento.

No Instagram, Vanessa Bryant destaca mesmo a vermelho os nomes dos elementos alegadamente envolvidos, depois de ter vencido um outro processo em que exigia que a identidade dos mesmos fosse revelada.

Recorde-se que o helicóptero em que seguia a antiga estrela do basquetebol norte-americano, a sua filha Gianna, de 13 anos, as colegas de equipa da jovem, Payton Chester e Alyssa Altobelli, despenhou-se em Calabasas em 26 de janeiro, numa manhã de muito nevoeiro.

Do acidente resultou a morte dos nove ocupantes do helicóptero, em que se incluem ainda Sarah Chester, mãe de Payton, John e Keri Altobelli, pais de Alyssa, e a treinadora de basquetebol Christina Mauser.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.