Os campeões Golden State Warriors forçaram no sábado um jogo 7 na final da Conferência Oeste da Liga norte-americana de basquetebol (NBA), ao vencerem em casa os Houston Rockets, desfalcados de Chris Paul, por 115-86.

Obrigados a vencer para se manterem na corrida a uma quarta final consecutiva, os detentores do cetro chegaram ao fim do primeiro período a perder por 17 pontos (22-39), mas reagiram no segundo (29-22), viraram o jogo no terceiro (33-16), que fecharam já sete à maior (84-77), e ‘arrasaram’ no quarto (31-9).

Klay Thompson, com 35 pontos, incluindo nove ‘triplos’ marcados, em 14 tentados, foi o maior responsável pelo triunfo dos Warriors, que, na segunda parte, lograram um parcial de 55-20 até 4.28 minutos do fim, quando os treinadores perceberam que o jogo estava ‘terminado’ e colocaram as segundas linhas.

“Não queria ir para casa. Trabalhámos demasiado esta época para irmos para casa. É para isto que jogamos”, afirmou Klay Thompson, no final do encontro, garantindo uma equipa preparada para ir a Houston discutir o apuramento para a final, na segunda-feira.

Nos anfitriões, ainda sem Andre Iguodala, destaque também para os 29 pontos de Stephen Curry, os 23 de Kevin Durant, embora com apenas seis ‘tiros’ de campo marcados, em 17 tentados, e os 10 ressaltos e nove assistências de Draymond Green.

Por seu lado, James Harden, com 32 pontos, nove assistências e sete ressaltos, liderou os Rockets, mas, como quase todos os seus companheiros, esteve melhor na primeira parte do que na segunda, sendo que cometeu nove ‘turnovers’.

Eric Gordon, com 19 pontos, Trevor Ariza, com 12, Gerald Green, com 11, e Clint Capela, com 15 ressaltos, também deram contribuições positivas, num conjunto que não conseguiu fazer esquecer a ausência do lesionado Chris Paul.

A exemplo do que sucede na Conferência Oeste, também a final do Este será decidida num Jogo 7, hoje, em Boston, onde os Celtics recebem os Cleveland Cavaliers, de LeBron James, jogador que procura a oitava final consecutiva e nona da carreira.

Nos ‘play-offs’ da NBA, é a primeira vez desde 1979 que as duas finais de conferência são resolvidas na ‘negra’.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.