Amaro Antunes (W52-FC Porto) repete a vitória de 2020 e volta a vencer a Volta a Portugal, segurando a amarela no contrarrelógio da última etapa, em Viseu, após a 10.ª e última etapa, um contrarrelógio de 20,3 quilómetros em Viseu, ganho pelo português Rafael Reis (Efapel).

O algarvio entrava para a etapa com 42 segundos de vantagem sobre o Mauricio Moreira, da EFAPEL e o uruguaio até fazia um bom tempo que lhe permitia sonhar com uma possível ultrapassagem.

Contudo, o uruguaio acabou por sofrer uma queda na zona mais técnica da etapa, hipotecando as hipóteses de vitória.

Já Reis, para conquistar a quarta vitória nesta Volta, gastou 25.24 minutos, menos 12 segundos do que o uruguaio Maurício Moreira (Efapel) e 41 do que o alemão Juri Hollmann (Movistar).

Antunes terminou a Volta com 10 segundos de avanço sobre Maurício Moreira e 1.23 minutos sobre o espanhol Alejandro Marque (Atum General-Tavira-Maria Nova Hotel)

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.