O ciclismo de estrada português garantiu quatro vagas para os Jogos Olímpicos Rio2016, após a oficialização do último 'ranking' de nações, e terá mais um atleta do que em 2012, anunciou hoje o Comité Olímpico de Portugal (COP).

Depois da presença de Rui Costa, Nelson Oliveira e Manuel Cardoso em Londres, Portugal apresenta este ano uma equipa de quatro corredores, dos quais um fará a prova de contrarrelógio, acumulando com a de fundo.

A Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC) fará uma pré-convocatória alargada até 05 de abril e terá de anunciar a lista final até 04 de julho.

Antes, em fevereiro, está previsto que o selecionador, José Poeira, vá fazer o reconhecimento dos percursos das provas de fundo e de contrarrelógio.

Na vertente de BTT, Portugal terminou o primeiro ciclo de qualificação com condições de levar dois atletas, mas o apuramento final ficará definido apenas a 31 de maio, após o final do segundo ciclo.

Com as vagas no ciclismo de estrada, a Missão Portuguesa tem garantida, para já, a presença de 52 atletas no Rio de Janeiro, quatro dos quais na vela. Destas estão atribuídas as de 49er, a Jorge Lima e José Costa, a de RS:X, a João Rodrigues, faltando designar o representante em Laser, cuja vaga foi conquistada por dois velejadores, o experiente Gustavo Lima e Rui Silveira.

Além da vela, a missão lusa tem já asseguradas presenças no taekwondo, com Rui Bragança, em -58 kg, tiro (uma vaga para as provas de pistola de ar comprimido 10 m e pistola 50 m), canoagem (seis vagas), natação (2 vagas nos 200 m estilos) e futebol (prova masculina, com 18 vagas).

A estas acrescem, para já, 16 no atletismo, depois da recente confirmação dos critérios de qualificação nacionais pela Federação Portuguesa de Atletismo (FPA), com as vagas a terem de ser ratificadas durante o ano de 2016, de acordo com os demais critérios de qualificação definidos por esta federação.

Os atletas com mínimos neste momento são 18: Ana Cabecinha (20 km marcha), Dulce Félix (maratona e 10.000 m), Filomena Costa (maratona), Inês Henriques (20 km marcha, João Vieira (20 km marcha), Miguel Carvalho (50 km marcha), Nélson Évora (triplo salto), Susana Costa (triplo salto), Patrícia Mamona (triplo salto), Pedro Isidro (50 km marcha), Rui Pedro Silva (maratona), Sara Moreira (10.000 m e maratona), Sérgio Vieira (20 km marcha), Susana Feitor (20 km marcha), Vanessa Fernandes (maratona), Vera Santos (20 km marcha), Tsanko Arnaudov (lançamento do peso) e Yazaldes Nascimento (100 m).

Destes 18, apenas 16 estarão no Rio2016, já que existem quatro atletas com mínimos na prova de 20 km marcha e outras quatro na maratona, disciplinas cuja quota por nação é limitada a três presenças.

A estas vagas poderão acrescer 14 do atletismo, de atletas que possuem já marcas dentro dos mínimos olímpicos definidos pelo Comité Olímpico Internacional, mas que carecem de confirmação por parte da FPA, que irá definir os critérios de qualificação nacionais.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.