O ciclista de pista colombiano Fabian Puerta Zapata, campeão do mundo de keirin em 2018, foi suspenso por quatro anos devido a um controlo antidoping positivo, anunciou hoje a União Ciclista Internacional (UCI).

O tribunal antidopagem da instituição, na sua decisão, esclarece que se trata de um caso de consumo de boldenona, um esteroide anabolizante, interdito pelos efeitos estimulantes sobre o crescimento da massa muscular.

O ciclista colombiano, especialista de provas de velocidade, foi controlado fora de competição em 11 de junho de 2018 e estava suspenso desde 14 de agosto do mesmo ano, enquanto se esperava a conclusão do inquérito.

Meses mais cedo, em março de 2018, atingira o topo da carreira ao ganhar o keirin dos Campeonatos do Mundo de pista que tiveram lugar em Apeldoorn, Países Baixos.

Fabian Puerta Zapata era presença regular nos pódios em Taças do Mundos e campeonatos sul-americanos. Nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, foi quinto e já conseguira por duas vezes ser vice-campeão mundial, em Cali2014 e Hong-Kong2017.

A suspensão ainda é passível de recurso para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.