O ciclista belga Victor Campenaerts (Lotto Soudal) estabeleceu um novo recorde da hora, no Velódromo Centenário, na cidade mexicana de Aguascalientes, superando a marca que o britânico Bradley Wiggins tinha registado em 2015.

Campenaerts, de 27 anos, conseguiu realizar 55,089 quilómetros durante a hora cronometrada pela Tissot, ultrapassando por larga margem os 54,526 de Wiggins e tornando-se no primeiro corredor a passar dos 55 quilómetros sob as regras da UCI.

“Estou superfeliz, e ao olhar para a lista de recordistas a que agora pertenço, percebo que estou entre os grandes ciclistas da história. Foquei-me nisto durante muito tempo e estou feliz por ter conseguido fazer o recorde e por ter ultrapassado os ‘mágicos’ 55 quilómetros”, atirou o corredor, no final da tentativa.

Wiggins detinha o recorde desde 07 de junho de 2015, feito conseguido no londrino Lee Valley VeloPark, tendo ‘resistido’ a 10 tentativas ao longo dos anos, a mais recente do dinamarquês Mikkel Bjerg, que em outubro de 2018 fez 53,730 e já anunciou a intenção de voltar a tentar em 2019.

O ciclista de estrada da Lotto Soudal, campeão europeu de contrarrelógio em 2017 e 2018, juntou-se ainda ao suíço Tony Rominger e ao britânico Chris Boardman na lista de ciclistas a ultrapassar os 55.

Ainda assim, Rominger e Boardman utilizaram equipamento moderno e alterações à bicicleta e, por isso, caem na categoria definida pela UCI como ‘melhor esforço humano’, e não no recorde oficialmente aceite.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.