O Sporting manifestou hoje o seu pesar pela morte de Carlos Vieira, antigo ciclista do clube lisboeta que morreu hoje, aos 68 anos, vítima de covid-19, com os ‘leões' a apresentarem condolências à família e amigos.

"O Sporting Clube de Portugal manifesta o seu pesar pela morte de Carlos Vieira, antigo ciclista leonino que faleceu esta terça-feira aos 68 anos. Aos familiares e amigos, o clube endereça as mais sentidas condolências", lê-se no ‘site' do emblema liderado por Frederico Varandas.

Carlos Vieira, recordista do mundo em resistência sobre bicicleta, morreu hoje no hospital de Leiria, onde foi hospitalizado há dias após um diagnóstico positivo para a covid-19.

O "bombeiro-ciclista", como era conhecido devido à sua atividade profissional e desportiva, estava debilitado devido a complicações de saúde que o fragilizaram nos últimos anos, e não resistiu ao contágio com o novo coronavírus, falecendo esta terça-feira.

Enquanto ciclista de estrada, competiu por vários clubes, tendo representado ao longo da carreira o Alverca, Sporting Clube de Portugal, Flores do Lis, Cela, Bairro dos Anjos, Núcleo Sportinguista de Leiria, Casa do Benfica de Leiria e União de Ciclismo de Leiria.

Em nota hoje divulgada, o município de Leiria manifestou "profundo pesar" pela morte de Carlos Vieira. O presidente da autarquia, Gonçalo Lopes, considerou que o concelho fica "mais pobre com a partida de um membro muito querido".

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.621.397 mortos resultantes de mais de 72,7 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 5.733 pessoas dos 353.576 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.