A Volta ao Utah, cuja 16.ª edição deveria realizar-se entre 03 e 09 de agosto, foi cancelada devido à pandemia da COVID-19, anunciou hoje a organização, que espera retomar a prova no próximo ano.

O elevado número de mortes relacionadas com o novo coronavírus nos Estados Unidos obrigou ao cancelamento da prova, justificou a organização, que preferiu salvaguardar “a saúde e a segurança de todos os participantes”.

A Volta ao Utah é a primeira ‘baixa’ do calendário velocipédico no mês de agosto. A competição norte-americana, na qual o português João Almeida foi quarto classificado em 2019, iria disputar-se nas mesmas datas da Volta a Portugal, que está agendada entre 29 de julho e 09 de agosto.

A União Ciclista Internacional decidiu esta semana prolongar a suspensão do calendário velocipédico até 01 de junho, dada “a gravidade da situação sanitária em todo o mundo”, e admitiu a possibilidade de adiar o final da época.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da COVID-19, já infetou mais de um milhão de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 57 mil. Dos casos de infeção, mais de 205 mil são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.