David Rosa confirmou o favoritismo, apesar de não ter entrado bem na corrida, devido a uma queda no início, e foi o mais forte. Joana Monteiro (ASC/Focus Team/Vila do Conde) revalidou o título feminino.

À segunda das sete voltas do percurso na nova pista do Jamor, David Rosa assumiu o comando da corrida e na volta seguinte isolou-se e, até ao final, foi somando vantagem sobre os demais participante.

Tiago Ferreira foi quem mais luta deu, mostrando que a transição da preparação do XCM (maratonas) para o XCO está a dar resultado, e terminou a dois minutos e quarenta segundos do vencedor.

Mário Costa (ASC/Focus Team/Vila do Conde) começou na frente, mas teve problemas mecânicos que o atrasaram. Mesmo assim, Costa recuperou para acabar no terceiro posto, a três minutos e 55 segundos de David Rosa.

Joana Monteiro, ainda em idade de sub-23, voltou a competir entre a elite e a aposta foi ganha, resultando na revalidação do título na categoria máxima.

A famalicense cortou a meta com uma vantagem de três minutos e 38 segundos sobre a rival mais direta, Celina Carpinteiro (BTT Loulé/BPI). A terceira classificada foi Tânia Neves (Clube BTT de Águeda/BlackJack), a sete minutos e 32 segundos.

Os sub-23 trocaram de posição face ao ano passado. José Dias (Seissa/MGB Bikes/Matias e Araújo/Frulact), segundo em 2015, sagrou-se hoje campeão nacional, relegando o antigo campeão, Gonçalo Amado (Maiatos/Reabnorte/BikeZone), para o segundo lugar.

Ana Tomás (BTT Seia) foi claramente a mais forte sub-23, ganhando a corrida com uma vantagem de dois minutos e três segundos sobre a segunda classificada, Beatriz Guedes (Escola BTT/MAC Junta Freguesia Moçarria).

João Rocha (Rodabike/ACRG/Gondomar) e Marta Branco (ASC/Focus Team/Vila do Conde) foram os melhores juniores e Márcio Peralta (BTT Loulé/BPI) e Raquel Queirós (ASC/Focus Team/Vila do Conde) impuseram-se em cadetes.

Entre os veteranos, os títulos de campeão nacional foram conquistados pelo master 30 Rúben Nunes (ASC/Focus Team/Vila do Conde), pelo master 40 Rui Torpes, pelo master 50 António Silva (ProRebordosa/Garrafeira Gomes/Oforsep) e pela master Ângela Gonçalves (BTT Seia).

Ricardo Gomes (Saertex Portugal/Edaetech) ganhou entre os participantes com deficiência auditiva. O título coletivo foi conquistado pela ASC/Focus Team/Vila do Conde.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.